Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Carreira

Demissão silenciosa: como não prejudicar a sua carreira?

Movimento Quiet Quitting, em que o profissional faz o mínimo que é esperado da sua função, pode ser visto como abandonar a ideia de “vestir a camisa” da empresa. Entenda e saiba como não prejudicar a sua carreira!

Demissão silenciosa: como não prejudicar a sua carreira?

(Foto: filadendron via Getty Images)

6 min

31 ago 2022

Atualizado: 30 nov 2022

Profissionais Millennials e Geração Z estão fazendo parte do movimento de demissão silenciosa ― fazer o mínimo esperado da sua função. Além de abrirem mão da cultura de agitação, abandonam a ideia de “vestirem a camisa” da empresa. A intenção é estabelecer limites no trabalho. Mas não apenas.

O QUE É DEMISSÃO SILENCIOSA?

Para Renata Tomazelli, especialista, psicóloga e fundadora da Youfeel Health, o movimento é mais do que apenas estabelecer limites no trabalho. “Estamos falando da sensação de cansaço e frustração que muitos estão experimentando neste momento.”

Ela também diz que o Quiet Quitting não deve ser reduzido apenas ao cuidado da saúde mental. “Na minha visão, movimentos como esse mostram que estamos resolvendo o problema da forma errada”, afirma.

“As empresas precisam escutar realmente suas equipes, incentivando a liderança a se reunir com seus funcionários e falar abertamente sobre a demissão silenciosa. Precisa construir um ambiente de confiança”, completa.

google trabalho

DEMISSÃO SILENCIOSA: COMO COLOCAR LIMITES NO TRABALHO SEM PREJUDICAR O DESEMPENHO NA EMPRESA?

Primeiro, é importante que você saiba que a falta de limites com seu trabalho pode ser o que está prejudicando seu desempenho na empresa. “O descanso, o tempo para recuperar, o cuidado com a saúde, são fundamentais para que seja produtivo e tenha um desempenho melhor no ambiente corporativo”, diz Renata.

Uma forma de colocar limites é avaliando a sua vida atualmente, definindo suas prioridades e comunicando isso da maneira correta no trabalho.

“Você pode estar se perguntando: ‘Tenho um ambiente psicologicamente seguro para fazer isso no trabalho?’ As pessoas só irão falar se esse ambiente existir, é por isso que líderes e empresas precisam estar atentas a esses pontos”, completa.

“Agora, quando falamos em construir mais harmonia entre vida profissional e vida pessoal, não estamos falando de pessoas que não estão engajadas com o trabalho. Muito pelo contrário, estamos falando de pessoas que, para se manterem produtivas, saudáveis e engajadas precisam descansar e se dedicar para sua vida pessoal também”, afirma Renata.

Para ela, vale uma conversa com a liderança. “Se prepare, fale sobre sua posição na empresa, o que você entrega, o que você espera e como se dedicar a sua vida pessoal ajuda inclusive a ser uma pessoa melhor no seu trabalho”, aconselha.

DEMISSÃO SILENCIOSA: COMO SER PROMOVIDO SEM A NECESSIDADE DE SER WORKAHOLIC

Fazendo menos, porém melhor e mostrando resultados. Como? Eliminando as tarefas que não têm bom desempenho. Para você ter uma noção, “estudos mostram que nós passamos apenas 39% da jornada de trabalho realizando nossas reais tarefas, o restante do tempo ficamos envolvidos no que é chamado de ‘trabalho improdutivo’, como excesso de reuniões”, afirma Renata.

Além disso, otimize sua agenda diária. “Reserve um tempo para o trabalho profundo (o que você foi contratado para fazer), o trabalho superficial (tudo o mais que for exigido de você, como reuniões e ligações) e o trabalho reativo (como responder a e-mails)”, aconselha a especialista.

Inclua pausas regulares para restabelecer sua energia, incluindo intervalos entre as tarefas (não apenas o almoço) e encontre suas horas mais produtivas no dia.

+ Aprenda 10 passos para construir uma carreira infinita 

Banner XBA setembro 2022


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo