Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Bali, Espanha, Portugal e mais: 7 países que oferecem visto para nômades digitais em 2023

Para atrair turistas estrangeiros, países oferecem visto especial para trabalhadores que são nômade digital. Confira a lista completa!

Bali, Espanha, Portugal e mais: 7 países que oferecem visto para nômades digitais em 2023

Um jovem sentado nas rochas, ele está trabalhando em seu laptop em Creta, na Grécia (Foto: Getty Images)

, jornalista

8 min

4 jan 2023

Atualizado: 4 jan 2023

Ser nômade digital ‒ viajar enquanto trabalha ‒ não só se tornou incrível para muitas pessoas, como inspirou as mais tradicionais delas a fazerem o mesmo.

E os países estão de olho nesse novo comportamento. É o caso da Espanha, que a partir deste mês deve passar a oferecer um visto de nômade digital (veja os detalhes mais adiante).

Quantos nômades digitais existem?

Nos últimos dois anos, estima-se que 35 milhões de trabalhadores aderiram a essa modalidade, segundo dados da Fragomen. 

Já você, ouso dizer que está pensando em viver essa experiência neste novo ano. Só não decidiu ainda o país, né?

Para dar aquela forcinha, separei uma lista com 7 países que oferecem visto especial para nômade digital: Bali, Barbados, Dubai, Estônia, Grécia e Portugal (confira mais adiante). Mas antes, veja o que é ser nômade digital:

Mas afinal, o que é ser um nômade digital?

É a pessoa que trabalha enquanto viaja. Na prática, só precisa de um celular, laptop ou tablet conectado à internet para desempenhar suas atividades - e isso pode ser feito em qualquer lugar do mundo.

Mas atenção, para ser uma pessoa classificada como nômade digital, você precisa, na prática, unir o viajar para diferentes lugares com o trabalho - e no longo prazo. 


Tegalialang em Bali, Indonésia (Foto: André Pistolesi via Getty Images)

Quais países têm visto nômade digital?

1 - BALI
Para ser um nômade digital em Bali, na Indonésia, durante 5 ou 10 anos, é necessário ter passaporte com validade mínima de 36 meses e depósito de US$ 130 mil por pessoa. 

“O objetivo é atrair turistas estrangeiros para Bali", disse Widodo Ekatjahjana, diretor geral Interino de Imigração.

Barbados, Caribe (Foto: Getty Images Atlantide Phototravel)

2 - BARBADOS
O visto para nômade digital de Barbados, ilha do Caribe, tem validade máxima de 12 meses e pode ser prorrogado.

Os requisitos para ter um visto de nômade digital em Barbados são: passaporte válido, dados biográficos e uma renda anual de pelo menos US$ 50 mil durante os 12 meses.

Jovem usando tablet digital em Dubai (Foto: valentinrussanov via Getty Images)

3 - DUBAI

O programa “Remote Work Nomade Visa”, de Dubai, autoriza que nômades digitais permaneçam no país por até um ano. 

Para ser nômade digital em Dubai, você precisa de passaporte com validade mínima de 6 meses, seguro saúde com validade de cobertura nos Emirados Árabes. 

Se for funcionário, é necessário apresentar o comprovante de emprego e salário de, no mínimo, US$ 3500 por mês.

Barcelona, Sagrada Família, Espanha (Foto: Sylvain Sonnet via Getty Images)

4 - ESPANHA

A partir de janeiro de 2023, profissionais estrangeiros poderão viver e trabalhar na Espanha de seis meses até um ano. O visto especial para nômade digital na Espanha tem alguns pré-requisitos, como: profissionais devem ter graduação, um mínimo de três anos de experiência profissional e uma garantia de trabalho de ao menos um ano. A renda mínima exigida é de € 1.050 mensais.

Estônia (Foto: Pawel Toczynski via Getty Omages)

5 - ESTÔNIA

O E-Residency, visto para nômades digitais da Estônia, permite que você more e trabalhe como nômade digital por até um ano.

Os requisitos são: trabalhar para um empregador registrado em um país estrangeiro e ter um contrato de trabalho com essa empresa; ou exercer atividade comercial para uma empresa que está registrada em um país estrangeiro e da qual você é sócio; ou oferecer serviços autônomos ou de consultoria principalmente para clientes, cujos estabelecimentos permanentes estão em um país estrangeiro e com os quais você tem contratos.

O salário mínimo exigido é de € 3.504 por mês

+ Startup da Estônia conquista talentos brasileiros

+ Estônia: conheça in loco as oportunidades de inovação e empreendedorismo para brasileiros na nação mais digital do planeta

Grécia (Foto: Sylvain Sonnet via Getty Images)

6 - GRÉCIA

A Grécia está em processo de introdução de um visto especial para nômade digital. A ideia é permitir que estrangeiros dos quais tenham empregos independentes de local e fuso horário trabalhem na Grécia.

O salário mínimo exigido será de € 3.500 por mês

Portugal (foto: Getty Images)

7 - PORTUGAL

Agora, se você quer passar uma temporada em Portugal, as exigências para você adquirir um visto de nômade digital são: você precisa ser empreendedor, freelancer, prestador de serviço ou funcionário em trabalho remoto de empresas de qualquer país – exceto de Portugal.

É necessário comprovar, no mínimo, quatro vezes o salário mínimo português, o que seria Є 2820.

Falando nisso, aproveite para fazer uma imersão em Portugal com a StartSe. São 5 dias em Portugal. Você vai visitar centros de inovação, aceleradoras, startups e ambientes de negócios e, claro, fazer muito networking com líderes globais para abrir as portas da Europa para sua empresa por meio de conceitos, estratégias e planos de crescimento acelerado. Confira aqui!

POR QUE IMPORTA?

Antes de decidir se tornar nômade digital, é importante analisar os países que oferecem visto e o custo que você teria em cada um deles. Assim, você evita problemas futuros.

Agora, se você é liderança, é importante ficar de olho nesses novos comportamentos no mercado de trabalho. Por exemplo, se cresce o interesse por nomadismo digital (deve ter 1 bilhão até 2035), será que não seria interessante oferecer um benefício corporativo atrelado a isso para os funcionários? 

Banner XBA setembro 2022

Cada vez mais carreiras estão sendo impactadas por essas e outras exigências do mercado. Se capacitar para essas transformações com agilidade e encontrar as ferramentas corretas para ser nômade digital pode ser a diferença entre você ser um profissional de destaque e bem remunerado, ou ficar fora do jogo. Se você quer dominar esses e outros assuntos para se destacar e chegar ao topo da sua carreira mais rápido, aqui está uma solução rápida que fará a diferença na sua carreira já nos próximos meses. Veja tudo aqui.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo