Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Carreira

Vale a pena aceitar uma proposta de emprego para trabalhar em uma startup?

Em meio ao inverno dos unicórnios, saiba quais pontos considerar antes de aceitar uma proposta de trabalho

Vale a pena aceitar uma proposta de emprego para trabalhar em uma startup?

Homem trabalhando em um escritório criativo usando seu computador e pessoas se movendo ao fundo (Foto: Hispanolistic via Getty Images)

8 min

24 ago 2022

Atualizado: 30 nov 2022

Por Sabrina Bezerra

Você recebeu uma proposta de emprego para trabalhar em uma startup, mas não sabe se deve ou não aceitá-la? Como saber se é uma decisão acertada ou se está entrando em uma furada? Quais pontos levar em consideração?

Essas são algumas das principais dúvidas entre profissionais que passaram em um processo seletivo em startup. No texto de hoje, vamos contar quais critérios você deve avaliar e as vantagens e as desvantagens de trabalhar em unicórnios. Confira a seguir!

Dois homens e uma mulher testando drone em uma startup (Foto: Hinterhaus Productions via Getty Images)

O QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE TRABALHAR EM UMA STARTUP?

Hoje, o mercado de startups — principalmente as que têm alguns anos no mercado — está passando por uma nova realidade. Se antes era comum muito dinheiro disponível e pouca exigência dos investidores, agora o cenário mudou. Precisa lucrar. O que causou um chacoalhão nas empresas: muitas fizeram demissões em massa para reestruturar o caixa.

Não significa, no entanto, que você deve recusar a proposta. “Existem muitas startups. Algumas não estão numa situação muito favorável, mas outras estão recebendo aporte e em nível de crescimento bom”, diz em entrevista à StartSe Tais Targa, psicóloga e especialista em carreira.

QUAIS FATORES DEVEM SER AVALIADOS ANTES DE TRABALHAR EM UMA STARTUP?

“Você deve avaliar a fase que a empresa está. Veja se recebeu aporte nos últimos meses, qual o valor e como está a relação com os investidores, por exemplo”, aconselha a especialista em carreira.

Muitas dessas movimentações no mercado de startups podem ser acompanhadas no aplicativo da StartSe. É só clicar aqui.

Além disso, vale verificar se é uma empresa que tem turnover alto, como é o clima organizacional e, principalmente, quais são as pessoas que estão na alta liderança.

“Para isso, use sites como Glassdoor, LinkedIn e até informações do Google e em sites como Reclame Aqui para dar uma investigada na reputação da empresa”, diz Tais Targa.

Também vale — se tiver oportunidade — conversar com alguém que trabalha nessa determinada empresa para saber como é o dia a dia e qual fase está. 

“Se é uma companhia que tem dinheiro no caixa; ou se está contendo tudo quanto é gasto porque está numa situação menos favorável", afirma a especialista. Quanto mais consolidada e bem organizada, maiores serão as chances de ser uma boa ideia você ingressar no quadro de funcionários.

QUAIS SÃO AS VANTAGENS DE TRABALHAR EM UMA STARTUP?

São empresas mais dinâmicas, que oferecem benefícios flexíveis, como: semana mais curta de trabalho e férias ilimitadas. Isso porque, o foco está na produtividade do profissional, e não no estilo de gestão comando e controle

Além disso, existe a possibilidade, em muitas delas, de se tornar sócio.

Do ponto de vista dos profissionais que trabalham em startup, segundo o Glassdoor, são:

  • Ambiente de trabalho: “em geral, as startups são empresas jovens, dinâmicas e cheias de energia”, diz a plataforma.
     
  • Flexibilidade: “de horários, dos locais de trabalho e dispositivos anti-estresse na empresa, tais como videogames e espaços de relaxamento são, sem dúvida alguma, os atrativos das startups, que também se destacam por possuírem um ambiente de trabalho informal”, conta o Glassdoor.
     
  • Aprendizado. “Já que, ao crescer junto com a empresa, você também aprende muito e se dedica a diferentes atividades, que contam muito para a sua trajetória profissional.”

QUAIS SÃO AS DESVANTAGENS DE TRABALHAR EM UMA STARTUP?

Ainda segundo o Glassdoor, as principais desvantagens listadas pelos funcionários de startups, são:

  • Salário: “devido ao fato de os negócios estarem em fase inicial, não costumam ser iguais aos de grandes empresas.”
     
  • Pressão por resultado: é um dos itens apontados pelos profissionais como negativos em uma startup, já que precisam trazer resultado de forma rápida.
     
  • Incerteza: “Negócios recém abertos passam por muitos altos e baixos e sabemos que grande parte das empresas abertas no Brasil acabam fechando antes do segundo ano de vida”, diz a Page Personnel.

Agora, se a sua dúvida é em relação a sua carreira, veja aqui 10 passos para potencializar as suas competências.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo