Colômbia fica logo atrás do Brasil em fintechs na América do Sul

Conheça empresas que estão mudando a economia do segundo país com mais startups financeiras na região

Avatar

Por Mariana Rodrigues

24 de outubro de 2017 às 19:05 - Atualizado há 2 anos

A Colômbia é o segundo maior país em número de fintechs na América do Sul, com 84 startups financeiras, atrás apenas do Brasil, que tem 230, de acordo com levantamento da Finnovista e BID.

O país de origem do fundador do Nubank tem fintechs com modelos testados, com mais de três anos de operação, como as mencionadas na matéria. Com base em informações da plataforma MEDICI, rede global de dados sobre fintechs, selecionamos as seis companhias abaixo para quem quer conhecer algumas das inovações colombianas em pagamentos, e-commerce e gestão financeira.

 

  1. ePayco

Fundada em: 2011

Fundador: Juan David Rua Yarce

Serviço: O ePayco oferece soluções de comércio eletrônico para indivíduos e empresas que desejam monetizar seus negócios, facilitando alguns dos processos críticos em negócios digitais.

Modelo de receita: A empresa segue o modelo de receita baseado em transações. Ele começa a cobrar 2,99% em cada transação.

 

  1. Vlip

Fundada em: 2012

Fundadores: Angel Celis Botto, Santiago Rodriguez Ortiz

A Vlip é uma marca da Vilpco, uma plataforma móvel que permite que os usuários paguem as contas do restaurante. Oferece aos usuários funcionalidades como compartilhamento de conta e pagamento por cartão. O aplicativo é parceiro de restaurantes e permite integrar seu software de contabilidade.

Modelo de receita: A empresa segue o modelo de receita com base em comissão.

 

  1. Alegra

Fundada em: 2012

Fundador: Jorge Soto

Serviço: A Alegra é uma aplicação em nuvem para gerenciar pequenas empresas que permite faturar, além de gerenciar despesas e relatórios. Ele fornece relatórios inteligentes em tempo real para analisar o negócio, com dados sobre: vendas, melhores clientes, produtos mais vendidos, fluxo de caixa, balanço patrimonial, demonstração de resultados, impostos e volume de negócios.

 

  1. Guarumo

Fundada em: 2012

Serviço: A Guarumo desenvolve aplicativos móveis para serviços de gerenciamento de clientes, com análises e integrações de sistemas. Oferece “bots” para gerenciamento de serviços financeiros através de aplicativos de mensagens instantâneas como Messenger, Telegram e outros. A empresa está presente também nos Estados Unidos e Equador.

  1. Clipclap

Fundada em: 2014

Serviço: A proposta da ClipClap é conectar pessoas que querem vender com aqueles que querem comprar, usando as formas mais seguras e sem esforço. Permite aos consumidores enviar pagamentos a empresas de qualquer tamanho de forma mais rápida e fácil, com segurança.

Modelo de receita: A empresa segue o modelo de receita baseado em transações.

     6. Mesfix

Fundada em: 2014

Fundador: Felipe Tascon Ortiz

Serviço: O Mesfix é uma plataforma de negociação online que liga pequenas e médias empresas à investidores. Ela ajuda as companhias a vender seus recebíveis e permite que vários investidores financiem uma parte ou a totalidade de uma determinada fatura.

 

Saiba como fazer parte desse ecossistema

Para fazer parte do ecossistema global de fintechs, você pode cadastrar sua startup na MEDICI e na StartSe Base.

A MEDICI é uma base de dados que conta hoje com 7.000 empresas de todo o mundo. Ela pertence à Let’s Talk Payments (LTP), empresa global de conteúdo e pesquisas sobre fintechs.

A StartSe Base é a maior base de dados de startups do Brasil, com mais de 5.000 empresas cadastradas.

Sobre a Let’s Talk Payments (LTP)

A LTP é a principal plataforma de conteúdo e pesquisas sobre fintechs no mundo. Mais de 400 instituições financeiras e 90 programas de inovação recorrem à LTP para obter informações sobre as empresas que estão disruptindo o setor financeiro. Para saber mais acesse o Media Kit.

Mariana Rodrigues é colaboradora regular da LTP, focada no mercado de fintechs do Brasil. Também é colaboradora do blog Dinheiro pra Viver.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.