Sou Aluno
Formações
Imersões
Eventos
Tools
Artigos
Sobre Nós
Para Empresas

Funcionários querem se sentir valorizados, mas chefes são ruins em elogiar. E agora?

Pessoas querem se sentir valorizadas pelo trabalho que fazem, mas apenas 30% dos trabalhadores disseram ter recebido reconhecimento ou elogio por fazer um bom trabalho. Entenda o impacto do comportamento na retenção de talentos!

Funcionários querem se sentir valorizados, mas chefes são ruins em elogiar. E agora?

Homens conversando no trabalho (Foto: via Canva)

, jornalista

5 min

5 jun 2023

Atualizado: 16 jun 2023

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!

Quando foi a última vez que você disse para as pessoas da sua equipe que elas fizeram um bom trabalho? De acordo com uma pesquisa da Gallup, as lideranças estão deixando de engajar positivamente o time.

  • Apenas 30% dos trabalhadores disseram ter recebido reconhecimento ou elogio por fazer um bom trabalho.
  • Apenas 32% das pessoas se sentem engajadas em seus empregos.

Outro estudo, feito pela empresa de software de RH Workhuman, mostrou que mais da metade dos funcionários com quem conversaram não se sentiam valorizados na empresa.

Qual o impacto? Esse comportamento – de gestores em não dar feedback positivo para as pessoas – está levando funcionários a pedir demissão. Foi o que descobriu a McKinsey, empresa global de consultoria de gestão: as duas principais razões pelas quais as pessoas deixam seus empregos são porque elas não se sentem valorizadas pela empresa ou pelos gestores.


Para você ter uma noção, o salário e as condições de trabalho continuam sendo fatores importantes para as pessoas permanecerem na empresa. No entanto, 79% dos funcionários preferem permanecer em um emprego em que se sintam valorizados, mesmo que isso signifique ganhar menos dinheiro, segundo relatório de 2023 do Achievers Workforce Institute.

Resumindo: as pessoas querem se sentir valorizadas pelo trabalho que fazem. Assim, um simples "você mandou muito bem" pode ser a diferença entre eles ficarem ou irem embora da empresa.

Por que dar feedback positivo com frequência para a sua equipe?

Parece simples dizer, mas o elogio, quando bem feito, é poderoso para a equipe. Isso porque, quando uma pessoa recebe um elogio, o cérebro libera dopamina ― elemento químico que influencia as emoções, humor, atenção e aprendizado.

É a dopamina que nos faz sentir satisfação e motivação. Assim, quando os trabalhadores se sentem felizes e recompensados ​​por seus trabalhos, também são mais produtivos. E todos ganham: o funcionário, a equipe, a empresa, a liderança.

Reunião, acordo, feedback (Foto: Pexels)

O que acontece quando a liderança não aplica feedback positivo?

Em resumo, a falta de feedback positivo está atrelada à psicologia básica. Por exemplo, quando a pessoa se sente ameaçada, o corpo entra em um modo de lutar ou fugir. 

Agora, trazendo a situação para o ambiente de trabalho, ao se sentir assim, a pessoa não fica criativa, não interage bem com o time e os clientes, além de não resolver problemas com a mesma eficácia.

A explicação é de Tera Allas, diretora de pesquisa e economia do escritório da McKinsey no Reino Unido e na Irland, ao Business Insider. Ela completa dizendo que:

“É muito ruim para sua saúde, obviamente, mas mesmo de uma perspectiva puramente corporativa, as organizações devem perceber que, se seus funcionários estiverem constantemente em estado de medo ou de estresse, eles produzirão um resultado pior."

Por que importa?

Para reter talentos e fazer com que as pessoas se sintam valorizadas no trabalho, é importante aplicar feedback positivo regularmente. "Sabemos que, no mínimo, um funcionário deve receber esse tipo de reconhecimento de seu gerente pelo menos uma vez por mês", disse Natalie Baumgartner, cientista-chefe da força de trabalho do Achievers Workforce Institute, ao Business Insider. Assim, você pode melhorar a experiência da sua equipe.  Mas lembre-se: precisa ser um feedback positivo autêntico e significativo.

LEITURA RECOMENDADA

Uma forma de você se preparar para aplicar feedback positivo é usando a coleta e a interpretação de dados como referência. Assim, você consegue medir o sucesso das tarefas do time de forma assertiva. Entenda mais aqui!

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Sabrina Bezerra é jornalista especializada em carreira e empreendedorismo. Tem experiência há mais de cinco anos em Nova Economia. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Leia o próximo artigo

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!