Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Meta revela suas primeiras apostas para 2023

De olho no metaverso, big tech compra Luxexcel, fabricante holandesa de óculos inteligentes. Entenda a estratégia e os próximos passos da empresa

Meta revela suas primeiras apostas para 2023

Facebook, Meta (Foto: Chesnot / Colaborador via Getty Images)

, jornalista

6 min

2 jan 2023

Atualizado: 30 jan 2023

A Meta, dona do Facebook, comprou  Luxexcel, fabricante holandesa de óculos inteligentes. Os termos do acordo ainda não foram divulgados, mas a estratégia está clara: o metaverso continua sendo uma aposta para o conglomerado.

O que faz a Luxexcel?

Isso porque, a Luxexcel, que usa impressão 3D para criar lentes de óculos, recentemente concentrou a estratégia em lentes inteligentes que possam ser impressas com telas LCD e imagem holográfica ― um dos pilares do metaverso.


Por que a Meta comprou a Luxexcel?

Essa movimentação acontece depois de 2022 não ter sido um ano favorável para a big tech. Foi marcado por queda no lucro,  fechamento de escritórios e demissões em massa ― o que, consequentemente, não pegou bem para a imagem da empresa.

Agora, numa tentativa de mostrar que as decisões tomadas (por mais difíceis que tenham sido) foram necessárias para mudar a rota e focar num futuro promissor, a Meta se prepara estrategicamente com apostas ousadas.

Mark Zuckerber apresenta a marca Meta (foto: reprodução)

Quais são as apostas da Meta, dona do Facebook, para 2023?

Como compras de empresas menores ― mesmo em meio a acusações antitruste ―, inteligência artificial e metaverso.

Compras de empresas menores

A estratégia em comprar empresas menores não é nova. Em 2014, por exemplo, comprou a Oculus, lembra?

Mas, agora a Meta pretende potencializar esse tipo de negócio. A começar com a compra da Luxexcel.

“Estamos entusiasmados com a aquisição da Luxexcel, aprofundando a parceria existente entre as duas empresas”, disse um porta-voz da Meta ao TechCrunch.

Metaverso

A Luxexcel, fundada em 2009, integra os elementos necessários para criar uma experiência de realidade aumentada dentro de uma lente de óculos, como filmes holográficos e projetores. Ou seja, uma tecnologia importantíssima para o metaverso.

O que vai ao encontro da aposta da empresa em continuar investindo no metaverso este ano. Para você ter uma ideia, em 2023 a empresa deve investir US$ 20 bilhões em tecnologias associadas ao metaverso.

Caso você queira entender melhor como funciona o metaverso e outras tecnologias emergentes, clique aqui.

Inteligência artificial

A inteligência artificial também está na lista de investimentos da Meta para 2023. Isso porque, segundo a empresa, a tecnologia foi fundamental para potencializar os negócios do conglomerado, como o Instagram e as publicidades digitais

“Estamos observando bons ganhos à medida que implantamos modelos de IA cada vez mais poderosos”, diz a empresa em comunicado. Não à toa. A aposta nesse tipo de inovação é importante para a Meta competir com concorrentes como o TikTok ― que tem uma IA poderosíssima. 

Além disso, a Meta deve explorar a inteligência artificial em outros tipos de negócios. O que vai na direção da tendência de outras big techs, como Google e OpenAI, que estão apostando pesado em ferramentas de criação por meio de IA.

+ O que é e como funciona o ChatGPT, a inteligência artificial da OpenAI

Por que importa?

As apostas da Meta para 2023 mostram que, muitas vezes, é necessário reduzir os custos para focar em projetos (mesmo que ousados) que possam trazer bons resultados. Mas sem deixar de fora as estratégias que têm funcionado: por exemplo, a aposta no metaverso é incerta, mas o investimento em inteligência artificial ― que a big tech vem investindo há alguns anos ― continua, porque tem ajudado todos os negócios do conglomerado e é a grande tendência de 2023. Ou seja, este pilar tem grandes chances de trazer bons resultados para a Meta. E você, quais projetos serão o seu foco este ano?

Banner XBA setembro 2022

Leitura recomendada

Inteligência artificial e outros temas estão causando impacto em MILHÕES DE NEGÓCIOS no mundo inteiro. Mas as empresas mais preparadas, conseguem transformar tudo isso em VANTAGEM COMPETITIVA, porque se prepararam antes. Se você quiser saber como elas fizeram isso – e já ficar na frente do seu mercado quando outro CISNE NEGRO aparecer, VEJA AQUI COMO SE PREPARAR.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo