Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Empreendedorismo

Zuckerberg anuncia pior crise da Meta e fecha unidade em Nova York; entenda

As coisas continuam complicadas para a Meta!

Zuckerberg anuncia pior crise da Meta e fecha unidade em Nova York; entenda

Mark Zuckerber apresenta a marca Meta (foto: reprodução)

Conteúdo exclusivo Startups 

Há tempos sofrendo baques no seu valor de mercado, a empresa vem se envolvendo em polêmicas nas últimas semanas, com notícias de cortes em sua força de trabalho e esforços para reduzir custos frente a uma realidade de receitas encolhidas.

Agora, segundo reporta a Bloomberg, um novo desdobramento para esta estratégia: a companhia do Facebook deverá fechar em breve um de seus escritórios em Nova York. De acordo com fontes ligadas à empresa de Mark Zuckerberg, ela terminará o seu contrato de aluguel na sede da companhia na 225 Park Avenue, em Manhattam. Além disso, a empresa está consolidando sua infraestrutura física na Big Apple e não tem mais planos de crescimento na cidade.

As mudanças não param por aí. O esforço de reorganização também se estende aos times da companhia na cidade – e a gente já sabe que isso é um termo suavizado para demissões. Segundo as fontes ouvidas pelo veículo, o plano é de fato reduzir o contingente de funcionários na região.

O empenho entra em linha com o congelamento de novas contratações e reestruturação de times com cortes no staff, uma medida anunciada em setembro pelo CEO Mark Zuckerberg. Inclusive, a sede da Meta em Menlo Park, na Califórnia, deverá ser reduzida em 2023, e isso representará o maior corte orçamentário da companhia desde a fundação do Facebook em 2004.

O enxugamento nas finanças será em toda a estrutura da empresa, inclusive em divisões que estão em crescimento. Segundo fontes ouvidas, a reestruturação envolverá decisões não muito populares, como a eliminação de cargos estratégicos, que serão incorporados por outros funcionários.

Tudo isso é um grande sinal dos tempos para o que até pouco tempo atrás era uma das maiores potências do mercado de tecnologia. Hoje a Meta enfrenta não apenas a concorrência de plataformas como o TikTok – que está comendo uma grande parcela de usuários do Instagram – mas também sofre com restrições de outros players como a Apple, que mudou a sua política de privacidade nos dispositivos móveis e prejudicou o Facebook no processo.

Resta saber se a aposta de Zuckerberg no metaverso – movimento que inclusive originou a mudança no nome da empresa – renderá dividendos lá na frente, pois no momento ela está apenas consumindo dinheiro da companhia. Ficamos no aguardo dos próximos capitulos.



Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo