Índia planeja construir sua própria estação espacial

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

14 de junho de 2019 às 10:49 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Índia anunciou, nesta quinta-feira (13), que planeja ter a sua própria estação espacial. A Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO), que atua como uma NASA no país, afirmou que começará a trabalhar em uma estação depois de sua primeira missão tripulada ao espaço, chamada de Gaganyaan, que teve cerca de US$ 1,4 bilhões de investimento do governo. A missão, que deverá ser realizada em 2022, levará de duas a três pessoas para uma viagem de sete dias.

“Temos que sustentar o programa Gaganyaan após o lançamento da missão espacial humana. É neste contexto que a Índia está planejando ter sua própria estação espacial ”, disse Kailasavadivoo Sivan, presidente da Organização Indiana de Pesquisa Espacial. Segundo o cientista, o plano é lançar, inicialmente, um pequeno módulo para realização de experimentos de microgravidade.

Depois da missão Gaganyaan, a agência fornecerá um relatório ao governo sobre as descobertas e como pretende instalar sua estação no espaço. A ISRO acredita que a estação levará de cinco a sete anos para ser concluída.

Além da base no espaço, a Índia também pretende lançar sua segunda missão não tripulada à Lua, no dia 15 de julho. O objetivo da Chandrayaan-2, uma das mais complexas realizadas pela organização, será explorar a superfície lunar e sua composição com diversos experimentos.