Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Quais são as inovações do mercado de e-commerce

Comércio eletrônico faturou R$ 73,5 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Saiba quais são as novidades que estão movimentando o setor!

Quais são as inovações do mercado de e-commerce

filadendron via Getty Images

, jornalista

7 min

28 jul 2022

Atualizado: 4 jan 2023

Por Sabrina Bezerra

Há alguns anos o e-commerce ainda não era tão badalado como hoje. As marcas que mais acreditavam no modelo de mercado estavam distantes do lucro.

O cenário mudou com a aceleração digital impulsionada pela pandemia de coronavírus. Foram recordes de faturamento no comércio eletrônico nos últimos dois anos.

Para você ter uma noção, no primeiro semestre de 2022, o e-commerce faturou R$ 73,5 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico. Um salto de 5% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Marcelo Zimet, CEO da L´Óreal durante o Fórum E-Commerce Brasil 2022 (Foto: Sabrina Bezerra)

E como todo mercado, tem trazido mudanças tecnológicas e, ao mesmo tempo, humanizado. Confira:

METAVERSO COMMERCE

Uma das movimentações apresentadas no Fórum E-Commerce Brasil 2022 quase em unanimidade foi o metaverso. Não à toa. Afinal, é uma das apostas da Nova Economia e deve movimentar US$ 800 bi até 2024.

Para você ter uma ideia, a L’Oreal, multinacional francesa de cosméticos, já está no metaverso The Sandbox. “E muito provavelmente, em breve, vamos vender produtos no metaverso, que é onde a nova gestação está”, diz Marcelo Zimet, CEO da L´Óreal durante o Fórum E-Commerce Brasil 2022.

Você deve estar se perguntando, mas por que o metaverso ajudaria a vender mais? A resposta é: “ao invés de criar um cupom de desconto, você mantém as pessoas interagindo com o produto em um jogo, por exemplo, através do game funil”, diz Daniel Bottas, Ex-Creative Director da Meta e Partner and CCO da 20DASH.

MODA DIGITAL

Se o metaverso começa a fazer barulho no comércio eletrônico, a moda digital também. “O mercado fashion é o que mais avança no metaverso”, afirma Bottas. “Hoje, as pessoas compram roupas apenas para postar nas redes sociais; logo, em um mundo em que se discute a poluição da moda, a moda digital, sem dúvida vai evoluir ainda mais nos próximos anos”, completa. A Gucci é um exemplo de marca que ingressou na moda digital. 

AVATAR

Avatares estão presentes no e-commerce tanto para humanizar a marca e criar uma conexão com os consumidores como para ser uma nova fonte de receita para a empresa. Por exemplo, o personagem da sua marca pode ser pago para fazer publicidades de produtos.

Alguns exemplos de sucesso são: a Lu, do Magazine Luiza, que se tornou a maior influenciadora digital do mundo; o CB, influenciador virtual da Casas Bahia, entre outros.

“A Lu se tornou uma fonte de receita para o Magalu", diz Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza. “Acreditamos em trazer tecnologia para a companhia, mas sem perder o calor humano”, completa.

SOCIAL COMMERCE

O uso das redes sociais para vender mais está movimentando o mercado de comércio eletrônico. A estratégia, no entanto, não é focar em imagens ou vídeos dos produtos, mas sim gerar uma conexão emocional com a audiência.

No TikTok, por exemplo, 75% dos usuários preferem conteúdos de marca ou produto feitos por um criador de conteúdo. Isso porque as pessoas não querem mais anúncios tradicionais. “Elas querem interagir com o conteúdo de quem, de certa forma, conhecem e confiam — e os criadores de têm um papel fundamental nisso”, diz Danielle Crahim, Industry Lead Performance no TikTok.

LIVE COMMERCE

As vendas feitas por meio de transmissões ao vivo feitas pela internet, muito comum na China (e responsável por movimentar bilhões de dólares nos últimos anos) começam a ganhar força no Brasil. O Mercado Livre é uma das empresas que apostam

O motivo do sucesso do live commerce, segundo Marcelo Zimet, CEO da L´Óreal, é porque mexe com a emoção da pessoa que está assistindo. “O link é gerado enquanto existe a interação entre quem está apresentando e quem está assistindo”, conta.

+ Essas são algumas inovações que estão acontecendo agora, mas quais serão as próximas tendências que vão impulsionar o crescimento do varejo em 2023? Anualmente, diversos players se encontram no maior evento de varejo do mundo: Retail's Big Show da NRF.

É lá onde ocorrem intensas trocas de experiências e apresentações das próximas inovações que vão mudar o jogo do que é o varejo hoje. 

Toda pessoa empreendedora, empresária e liderança que atua nesse setor e quer eliminar o risco de ser deixado para trás precisa estar nesse evento.

Ele irá acontecer em Nova York nos dias 15, 16 e 17 de janeiro de 2023. Os detalhes do evento e a melhor forma de viver uma experiência única imersiva com várias provocações e insights inovadores você encontra neste link.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo