Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


A meta do Google para criar uma legião de profissionais especialistas em tecnologia até 2027

Empresa tem meta ambiciosa de preparar mais de 40 milhões de pessoas ‒ com foco também em grupos sub-representados ‒ no setor de cloud nos próximos cinco anos. Entenda a estratégia!

A meta do Google para criar uma legião de profissionais especialistas em tecnologia até 2027

Photo by Rajeshwar Bachu on Unsplash

, jornalista

7 min

3 jan 2023

Atualizado: 3 jan 2023

Vamos direto ao ponto: faltam profissionais na área de tecnologia, mas cresce o interesse dos que gostariam de fazer uma transição de carreira para a área tech.

É nesse público ‒ que talvez você faça parte ‒ que o Google está de olho. A empresa, por meio do Google Cloud, seu braço voltado para a tecnologia em nuvem, tem a meta ambiciosa de preparar mais de 40 milhões de pessoas ‒ com foco também em grupos sub-representados ‒ no setor de cloud nos próximos cinco anos (entenda mais adiante). 

O curioso é que, não necessariamente, a big tech tem o interesse em contratar esses profissionais.


“A nossa missão é influenciar jovens a ingressar na computação em nuvem porque várias oportunidades de reconhecimento profissional e pessoal acontecem”, afirma durante o evento Innovator Hive em Salvador Berthier Ribeiro Neto, diretor de engenharia do Google na América Latina.

No Brasil, o apetite é tanto em formar esses profissionais que desde 2017 investiu R$ 1,6 bilhão para fortalecer sua infraestrutura técnica no Brasil ‒ o que inclui o mercado de nuvem.

Analisando o movimento, a ideia do Google é atrair clientes b2b. Pense com a gente: se existe um possível “apagão de TI”, mas o mercado teria milhões de especialistas em Google Cloud, logo, aumentaria a chance das empresas contratarem os serviços da nuvem da big tech ‒ já que teria profissionais especializados no tema disponíveis no mercado.

O que faz sentido, já que o setor de cloud é um dos que mais cresce no mundo. “O segmento, com 24,8 mil vagas novas em cinco anos, representará 6% da demanda total”, diz a Brasscom em um relatório feito em 2019.

Berthier Ribeiro-Neto, Diretor de Engenharia do Google na América Latina, durante o Innovators Hive em Salvador (Foto divulgação Google)

O que é o Google Cloud?

É um braço de negócios do Google com foco na computação em nuvem como serviço para empresas públicas e privadas. 

Na prática, é uma plataforma que armazena arquivos sem a necessidade de um hardware. Assim, é possível que diversas pessoas possam acessá-los remotamente de qualquer lugar do mundo.

Quais são os serviços do Google Cloud?

O Google Cloud oferece recursos como: infraestrutura que inclui serviços de computação, armazenamento e rede em várias regiões do mundo.

“Atendemos setores como varejo, finanças, saúde, entre outras. A plataforma permite, por exemplo, que as empresas criem, testem e implantem aplicações em uma infraestrutura confiável, segura e que possa ser usada por milhares de usuários ao mesmo tempo”, diz a empresa.

Como trabalhar com Google Cloud?

Se você quer trabalhar na área de tecnologia e ser especialista em nuvem, o Google oferece uma plataforma gratuita chamada Google Cloud Skills Boost

Ela fornece acesso a cerca de 700 laboratórios práticos, cursos baseados em funções, selos de habilidades e recursos de certificação, incluindo 16 trilhas de aprendizagem.

É por meio dessa plataforma que a big tech pretende formar tantos profissionais até 2027. 

Quer saber se é a hora de mudar para a área de tecnologia em nuvem? Confira aqui!

Berthier Ribeiro-Neto, Diretor de Engenharia do Google na América Latina (Foto: divulgação Google)

Por que importa?

Atualmente, 78% dos profissionais que gostariam de migrar de emprego querem ir para a área de tecnologia, segundo dados da Land, empresa de recrutamento. 

Alguns não sabem por onde começar (é o seu caso?), e o Google Cloud sabe disso. Por isso, tem estimulado a educação em tecnologia em nuvem para essas pessoas. 

Desta forma, é uma espécie de ganha-ganha: de um lado, trabalhadores ganham educação gratuita - o que facilita a migração de carreira. Do outro, a big tech ganha uma legião de profissionais especializados em sua tecnologia.

Leitura recomendada
Mas longe de ser a única tecnologia que as empresas estão olhando. Não à toa. Afinal, cada tecnologia que você não domina, é uma vantagem competitiva importante que você perde. Se você quiser sair da teoria e ir para a prática e usar tecnologias emergentes a favor da sua carreira ou negócio, aqui está a forma mais rápida e eficiente de começar.


*De Salvador

Jornalista viajou a convite do Google Cloud


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo