Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Empreendedorismo

CEO dá 6 meses de prazo para própria empresa

Peloton está passando por mais uma rodada de demissões para tentar se salvar; Entenda a estratégia do executivo

CEO dá 6 meses de prazo para própria empresa

Escritório da Peloton nos EUA (foto: divulgação)

7 min

6 out 2022

Atualizado: 16 nov 2022

Por Camila Petry Feiler

Durante a pandemia, a startup Peloton combinou a venda de aparelhos ergométricos com um serviço de streaming de conteúdo fitness e decolou. 

A empresa, que chegou a valer US$ 50 bilhões, acaba de anunciar uma nova reestruturação, cortando cerca de 500 empregos, significando 12% de sua força de trabalho restante, na quarta rodada de demissões este ano.

Sim, só em 2022 a empresa demitiu mais de 4.000 funcionários e viu quatro altos executivos partirem.

Pandemia impulsionou alta, mas a queda veio 

Nos tempos áureos, a empresa viveu peregrinações em busca dos seus serviços e produtos, crescendo em torno da assinatura. Entretanto, a alta da demanda na pandemia abriu frestas - logísticas, de reparo e de demora em atender o público, fazendo com que a empresa apostasse em novos galpões. O risco era alto, mas o crescimento estava acelerado. 

+ Em alta mesmo na crise: modelo de assinatura vira receita salvadora para empresas

Com o recuo da pandemia e a volta das academias, a empresa também viu sua receita cair, além de assistir o crescimento de uma concorrência que ofertava serviços parecidos, mas mais baratos. 

Especialistas disseram ao Business Insider que a empresa foi vítima do "efeito chicote", gastando muito em logística enquanto esperava que a demanda permanecesse alta - quando a demanda esfriou, a Peloton ficou com operações caras da cadeia de suprimentos que exigem agora uma grande revisão. 

Agora a Peloton tem 6 meses para se recuperar

Depois do anúncio das demissões, o presidente Barry McCarthy, que assumiu em fevereiro, disse que está dando à empresa mais seis meses para se recuperar significativamente e, se falhar, a Peloton provavelmente não será viável como empresa independente.


Em comunicado, empresa anunciou que um “aspecto fundamental da jornada de transformação da Peloton é otimizar a eficiência e implementar economias de custos para simplificar nossos negócios e alcançar um fluxo de caixa equilibrado até o final de nosso ano fiscal”.

Por que importa?

O crescimento a qualquer custo está fora de moda -- e de possibilidade também. A Y Combinator avisou e agora as empresas que não se preparam estão vivendo na pele. 

A Peloton teve que mudar e deu prazo para ver os resultados. Agora a entrega é terceirizada e existem esforços para expandir as vendas, incluindo acordos com a Amazon e a rede de hotéis Hilton. 

Ou seja, a Peloton está abandonando a estratégia de internalização de empresas de alto crescimento e está se movendo em direção a uma estratégia de logística de baixo custo e mais avessa ao risco.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista focada em empreendedorismo, inovação e tecnologia. É formada em Jornalismo pela PUC-PR e pós-graduada em Antropologia Cultural pela mesma instituição. Tem passagem pela redação da Gazeta do Povo e atuou em projetos de inovação e educação com clientes como Itaú, Totvs e Sebrae.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo