Yusaku Maezawa, que irá para a Lua com a SpaceX, procura parceira para a viagem

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

13 de janeiro de 2020 às 12:05 - Atualizado há 11 meses

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Em setembro de 2018, a SpaceX — empresa espacial comandada por Elon Musk — revelou que o bilionário Yusaku Maezawa seria o primeiro turista a ir para a Lua em 2023. A viagem acontecerá no Big Falcon Rocket, o maior foguete construído pela SpaceX. Neste domingo (12), Maezawa, que comprou todos os assentos da viagem, anunciou que está em busca de um par romântico para acompanhá-lo.

Em seu twitter, o bilionário escreveu: “[PROCURA-SE!] Por que não ser ‘a primeira mulher’ a viajar para a lua?”. Junto com a mensagem, Maezawa publicou um link que direciona os usuários para uma página de inscrições. A busca será transmitida em uma série documental do serviço de streaming japonês Abema TV, chamada “Amantes da Lua Cheia”.  

Entre os requisitos para participar da seleção estão ter mais de 20 anos, interesse em viagens espaciais e ser “alguém que deseja a paz mundial”. As candidatas podem se inscrever até o dia 17 de janeiro. Maezawa planeja escolher a vencedora em março deste ano. “Quero encontrar uma ‘parceira de vida’. Com ela, quero gritar o nosso amor e a paz mundial do espaço”, escreveu o bilionário na página do programa. 

O executivo é fundador da Zozo — maior plataforma online de venda de roupas e acessórios do Japão — e colecionador de arte. Além do seu “par romântico”, o empreendedor planeja levar alguns artistas para a viagem. Músicos, escultores, pintores, designers e outros profissionais poderão visitar a lua e criar novas peças de arte a partir da experiência.