Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


De absorvente interno a creme de mão à base de cannabis: o mercado está a todo vapor

O mercado de cannabis deve movimentar US$ 128 bilhões até 2028. Confira quais são as áreas que já estão marcando território com o uso da planta

 De absorvente interno a creme de mão à base de cannabis: o mercado está a todo vapor

Startup Daye lança absorvente interno de cannabis (Foto: divulgação site yourdaye)

, jornalista

5 min

30 nov 2022

Atualizado: 4 jan 2023

Absorvente interno. Roupas. Skincare. Comercializado bastante, ao menos, fora do Brasil. Poderia ser outro mercado, mas é também o de cannabis.

Quebra-se o tabu. Agora, marcas das mais tradicionais à startups buscam formas de ingressar neste mercado ― que deve movimentar US$ 128 bilhões até 2028, segundo a Vantage Market Research.

Não entendeu? Explicamos. A cannabis (que você deve conhecer também pelo nome maconha) pode ser usada em uma infinidade de indústrias.

Isso porque, uma substância extraída da planta chamada de canabinóides (CBD) não causa efeitos psicoativos. A título de curiosidade, quem causa é o THC (tetrahidrocanabinol).

Assim, separamos alguns mercados que estão usando a cannabis das mais diferentes formas. Confira:

  • Cannabis no mercado de cosmética
  • Cannabis no mercado de construção
  • Cannabis no mercado têxtil

Foto: Amax Photo/Getty Images

USO DA CANNABIS EM COSMÉTICOS

O mercado de cosméticos à base de canabinoides (CBD), substância extraída da cannabis que não causa efeitos psicoativos, virou febre. Marcas como Avon, The Body Shop e Tresemmé são exemplos que usam a planta em alguns de seus produtos.

Homem passando creme à base de cannabis nas mãos (Foto: divulgação site The Body Shop)


USO DA CANNABIS EM CONSTRUÇÃO

Produtos feitos à base de cânhamo, uma planta pertencente à cannabis (também chamada de hemp), são usados para isolamento térmico e acústico. Para você ter uma noção, o cânhamo deve competir com o mercado de aço, concreto e madeira ― principalmente na construção residencial.

Cânhamo usado em paredes (Foto: divulgação)

USO DA CANNABIS NO MERCADO TÊXTIL

Na indústria têxtil, quem está ganhando os holofotes é o tecido de cânhamo. Isso porque, é cinco vezes mais resistente que o algodão. Aqui no Brasil, um exemplo de marca é Vicunha Têxtil, que ano passado lançou uma linha de jeans feitos com cânhamo. O tecido é composto em 65% de algodão e 35% de hemp. O fio de cânhamo utilizado é importado da China. 

ABSORVENTE DE MACONHA?

Além disso, algumas startups, como a Daye, de saúde ginecológica, encontrou na cannabis sativa uma forma de lançar absorventes internos. 

Quer saber mais? Confira o vídeo abaixo:

Thumbnail do vídeo

POR QUE IMPORTA?

O mercado de cannabis desde o uso medicinal até mercados como cosmético e têxtil promete movimentar bilhões de dólares nos próximos anos em todo o mundo. Assim, é possível que esse aquecimento do mercado impacte, de alguma forma, a sua área de atuação.

Leitura recomendada

Cannabis é um dos temas do SXSW, um dos maiores festivais indicados para profissionais que desejam entender o momento atual e o futuro de diversos mercados. E você pode participar da próxima edição, em 2023, com a StartSe. Inscreva-se agora e garanta uma condição especial.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo