Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Empreendedorismo

O que está por trás do prêmio de US$ 10 milhões do iFood

O iFood apoia a XPRIZE, organização que projeta e hospeda competições públicas, na realização de um prêmio para quem criar embalagens sustentáveis. Entenda!

O que está por trás do prêmio de US$ 10 milhões do iFood

Sede do iFood em SP (foto: divulgação/iFood)

5 min

19 mai 2022

Atualizado: 30 nov 2022

Por Sabrina Bezerra 

Todo mundo sabe que, com a importância da sustentabilidade ambiental, a economia circular se tornou imprescindível para as empresas e para os clientes. Pensando nisso, o iFood e a XPRIZE, líder em competições de prêmios para acelerar avanços que beneficiam a humanidade, formalizaram uma parceria para arrecadar US$ 20 milhões “e realizar uma competição que estimulará inovações para o desenvolvimento de uma embalagem circular de alimentos para reduzir o impacto ambiental”, diz a empresa em nota.

COMO VAI FUNCIONAR?

Trata-se de uma competição que deve durar três anos e será dividida em três fases: “inscrição, semifinais e finais”, diz a empresa em comunicado. “O prêmio em jogo é de US$ 10 milhões”, completa.


As diretrizes são:

  • Desenvolver embalagens de alimentos biodegradáveis, de base biológica e flexíveis
  • A produção deve ser de forma sustentável e em escala (recursos e processo)
  • Embalagens devem ser seguras para os seres humanos e o meio ambiente durante todo o seu ciclo de vida
  • As criações devem apoiar a vida útil de produtos frescos e alimentos secos
  • Embalagens devem ser industrialmente compostáveis ou rapidamente biodegradáveis (em até 90 dias)

E o prêmio?

Do total de US$ 10 milhões, US$ 6 milhões será para quem ficar em primeiro lugar da competição; US$ 2 milhões para o segundo lugar; e US$ 1 milhão para o terceiro. “Além disso, também será concedido US$ 1 milhão para os chamados Milestone Prizes, prêmios concedidos ao longo da competição para apoiar soluções de competidores que cumpram algumas metas”, diz o iFood.

O QUE ESTÁ POR TRÁS DA INICIATIVA

Divulgação iFood

Esta, no entanto, não é a primeira vez que o iFood fecha parcerias para criar iniciativas em prol do meio ambiente. Para você ter uma noção, em 2021, a empresa criou um programa que consolida esses tipos de projeto, o iFood Regenera.

Porquê? O motivo é ambicioso: encontrar soluções para zerar a poluição plástica e neutralizar as emissões de CO2 das operações de delivery até 2025.

Como parte desta iniciativa, além da competição de embalagem de economia circular, a foodtech comprou créditos de carbono para neutralizar as emissões de carbono de todas as entregas feitas no Brasil.

ESG E CLIENTES

Se você acompanha os artigos da StartSe, com certeza, está pensando: as metas também devem estar ligadas ao ESG. E estão mesmo. Afinal, sustentabilidade ambiental é um dos pilares da agenda e, cada vez mais, se tornam critérios de investidores.

Fabrício Bloisi, CEO do iFood e membro do conselho de inovação da XPRIZE, disse em nota que o ESG tem sido e será cada vez mais abordado. “Por isso, precisamos estimular as empresas a investir no próximo desafio, além de incentivar universidades e startups brasileiras a se inscrever na competição, para o Brasil fazer parte da liderança no desenvolvimento de projetos de pesquisa que vão ajudar a reduzir o uso de plástico e a garantir um futuro mais promissor para o nosso meio ambiente”, diz.

Além disso, 35% dos consumidores estão dispostos a consumir e a pagar mais caro de empresas que investem mais em itens ecológicos e recicláveis, segundo outro levantamento sobre tendências globais de consumo feito pela IBM em parceria com a NRF (National Retail Federation).

POR QUE IMPORTA?

Além de mostrar, mais uma vez, que o ESG é uma tendência que veio para ficar, prova que as marcas estão buscando se posicionar em prol do meio ambiente. É uma forma, por exemplo, além de cuidar do meio ambiente, de chamar a atenção de consumidores e de investidores. Não à toa produtos e serviços sustentáveis ambientalmente também têm ganhado força no Brasil.

Banner newsletter StartSe


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo