Sou Aluno
Sobre Nós
Para Você
Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Comunidades
Tools
Parcerias

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Comunidades

Amplie seu networking, encontre parceiros de negócios e discuta as maiores tendências e inovações com a alta liderança do mercado


Gestão para empreendedores: 6 passos para montar um negócio de sucesso

Em tempos em que quase tudo já foi criado e testado no mercado, o que separará o empreendedor de sucesso dos demais será a forma como fazer a gestão do seu negócio

Gestão para empreendedores: 6 passos para montar um negócio de sucesso

quero montar um negócio

, Produtora de Conteúdo

24 min

22 jul 2022

Atualizado: 5 jun 2023

Receba conteúdos exclusivos do AGORA

Fique por dentro das últimas novidades e tendências do mercado com nossos conteúdos exclusivos!

E como construir uma gestão poderosa, que faz uma empresa ou startup dar certo? 

Esta não é uma resposta fácil. Mas a boa notícia é que diversos empreendedores já passaram por muito ‘perrengue’ antes do sucesso e compartilharam aprendizados que podem ser muito úteis para quem está começando.

Se é errando que se aprende, o oposto também é válido. Ficar de olho em alguns fatores que levaram outros ao sucesso, como ter um plano de negócio, criar metas e propósitos claros, validar ideias por meio de métodos eficientes e conhecer os indicadores que ajudam a tomar as decisões certas fará toda a diferença.

Sem estas estratégias-chave, startups como Nubank e empresas inovadoras como as do Vale do Silício jamais teriam sobrevivido aos primeiros anos de vida.  Ao começar sua jornada empreendedora você vai descobrir que ser bom de Gestão não é só uma questão de “fazer o básico bem feito”, mas de desenvolver sua própria mentalidade inovadora. 

Empresas centenárias como a Faber-Castell ou a Nestlé são exemplos de como as boas práticas de gestão associadas à mentalidade inovadora são cruciais para manter suas marcas vivas e relevantes no mercado em que atuam.

Mas afinal, quais são as estratégias de gestão das startups que dão certo? Quais são os principais erros dos empreendedores iniciantes que você deve evitar? 

Aprenda agora, com estes 6 passos de como montar um negócio de sucesso e o que uma boa gestão precisa ter para chegar lá.

1º passo: crie seu Business Canvas Model

O que é um Business Canvas Model?

O Business Canvas Model é um “mapa visual” do seu negócio. Ele funciona como um guia simples e fácil para validar as hipóteses e o modelo do seu negócio, antes mesmo de começar o plano de negócios da sua empresa.

De acordo com Alexandre Osterwalder, o criador do Canvas, um Modelo de Negócios ‘descreve a lógica de criação, entrega e captura de valor de uma organização’.

Ou seja, antes de montar uma empresa ou startup você precisa criar e validar um modelo consistente de negócio e que faça sentido para seu público.

Para criar o seu Business Canvas Model responda às seguintes perguntas:

  • O que você vai fazer? Esta resposta será a sua proposta de valor.
  • Para quem vai fazer? Esta resposta define seu segmento de clientes, o tipo de relacionamento que vai desenvolver e em quais canais vai se comunicar com eles.
  • Como você vai fazer? Esta resposta vai te ajudar a enxergar de onde virão seus recursos, parceiros e as atividades principais da sua startup.
  • Quanto vai custar? Com esta previsão você vai construir sua estrutura de custos e Fontes de receita.

quero montar um negócio

2º passo: aprenda como fazer um plano de negócios

O que é um plano de negócios e por que ter um?

Antes de tirar a ideia do papel, é preciso escrevê-la com calma. Um plano de negócios nada mais é que um mapa detalhado da sua empresa ou startup.

Ele deve registrar tanto as informações básicas da sua empresa, quanto as ações que serão tomadas para que seus objetivos sejam alcançados. 

Parece clichê, mas na euforia de abrir a própria empresa, muita gente passa longe deste passo. Se você ainda não sabe porque fazer um plano de negócios e porque ele pode ser útil para você, aqui vão alguns bons motivos:

  • Ter um plano de negócios pode te livrar de se endividar e ter que “fechar as portas” logo nos primeiros meses
  • Ter um plano de negócios orienta a gestão da sua startup e te ajuda a manter o foco nos objetivos reais, mesmo quando tudo já estiver “indo bem”

Estas são apenas duas razões para você investir o tempo que for necessário no seu planejamento. 

Lembre-se: ter uma ideia genial não é suficiente para garantir o seu sucesso. É preciso ir além e aumentar suas chances de acerto. E o plano de negócio vai te ajudar a errar menos.

O que um plano de negócios precisa ter?

Não pode faltar em um plano de negócios:

  • Descrição do seu negócio (formação jurídica, metas e objetivos, etc)
  • Análise de Mercado (dados sobre consumidores, concorrentes e fornecedores)
  • Plano de marketing (precificação correta de produtos e ações de divulgação)
  • Plano Financeiro (detalhamento de ganhos e gastos e indicadores de viabilidade e desempenho)
  • Plano Operacional (radiografia do funcionamento da sua empresa e seus processos internos)

quero montar um negócio

 

3º passo: crie um MVP (Mínimo Produto Viável)

 O que é um MVP (Mínimo Produto Viável)?

Em português, MVP significa Mínimo Produto Viável, ou seja, é um produto que reúne os requisitos e as características essenciais para funcionar. 

O MVP é um protótipo, a forma mais simples e eficiente de lançar um produto ou serviço no mercado e reduzir ao máximo seu tempo de lançamento. Isso te dá mais agilidade e flexibilidade para começar sua empresa ou startup.

Mas atenção, entregar um protótipo é diferente de entregar um produto mal feito.

O Facebook, por exemplo, foi testado dentro de uma Universidade antes de ser disponibilizado para o resto do mundo, porém, seu protótipo já nasceu funcional.

 

4º passo: crie um pitch e atraia investimentos para o seu negócio

Depois que você criou o seu MVP e já traçou o seu plano de negócios chegou a hora de apresentar a sua ideia para o mundo por meio de um pitch.

Um pitch é uma apresentação direta e curta, com o objetivo de vender a ideia da sua startup para um potencial investidor. 

Imagine que você está num elevador e encontrou alguém com chances de investir na sua startup. Você tem apenas alguns minutos para convencê-lo de que o seu produto ou serviço vale a pena.

Por isso, ao apresentar seu pitch, seja objetivo e ao mesmo tempo persuasivo. Conquiste a confiança do seu investidor apresentando apenas as informações mais relevantes sobre o seu negócio. 

 

5º passo: construa uma liderança inspiradora para sua equipe

Todo empreendedor nasce sabendo ser um bom líder? Não necessariamente. 

A liderança, assim como todas as funções corporativas deve ser desenvolvida constantemente de diversas formas como por meio de treinamentos ou na prática do dia a dia. 

Confira algumas habilidades importantes para você desenvolver como líder-empreendedor:

  • Empatia
  • Iniciativa
  • Responsabilidade
  • Autoconhecimento
  • Resolver problemas
  • Influenciar de forma positiva
  • Saber se comunicar e dar feedback
  • Investir tempo para ensinar os outros
  • Conquistar a confiança das pessoas de forma espontânea

Desenvolver estas habilidades vai te ajudar a construir uma gestão muito mais colaborativa e poderosa. 

CEO, Presidente, Diretor… um Líder precisa de cargo?

6º passo: garanta o sucesso do Cliente

De nada valeria montar o seu negócio sem pensar no sucesso do seu cliente, não é mesmo?

Basta fazer uma rápida busca mental para se lembrar que empreendedores de sucesso como Steve Jobs e Jack Ma sempre colocaram o sucesso de seus clientes no topo da lista de prioridades.

Não é a toa que as estratégias de gestão focadas em Customer Experience, Customer-First e Customer Success estão em alta no Brasil e no mundo. 

Para garantir o sucesso do seu cliente, faça um checklist:

  • Certifique-se de que seus produtos e serviços estão sendo desenvolvidos de acordo com as expectativas e feedback dos seus clientes
  • Incentive todas as pessoas da empresa a pensarem primeiro no cliente
  • Invista em testes de usabilidade e promova a cultura de UX (User Experience)
  • Construa uma estratégia de comunicação que faça sentido para seus clientes
  • Desenvolva fluxos e automações de onboarding para engajar seu público com o seu negócio
  • Monitore o churn (cancelamento) de seus clientes

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista. Possui experiência no mercado financeiro, social media e customer experience. Passou pela XP Inc.

Leia o próximo artigo

Receba conteúdos exclusivos do AGORA

Fique por dentro das últimas novidades e tendências do mercado com nossos conteúdos exclusivos!