Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Entrega limpa: Americanas investe em carros elétricos

A partir deste mês, a empresa vai usar automóveis elétricos para entregar as encomendas. Saiba mais e entenda por que a entrega limpa está em ascensão.

Entrega limpa: Americanas investe em carros elétricos

Carro elétrico da Américanas (Foto: Divulgação Americanas)

, jornalista

7 min

14 jul 2021

Atualizado: 30 nov 2022

Por Sabrina Bezerra

A partir deste mês, a Lojas Americanas começa uma nova operação de delivery turbinada em uma frota ecoeficiente. Para isso, a empresa investiu — valor não divulgado — em carros elétricos e na ampliação de bicicletas e tuc-tucs. O objetivo é neutralizar as emissões de carbono até 2025. A expectativa, segundo a varejista, é encerrar este ano com mais de 500 veículos elétricos, 150 tuc-tucs e 170 bicicletas comuns e elétricas.

A princípio, a nova frota vai atuar na última milha da logística de entrega de produtos, o last mile, e deve circular em algumas regiões de Campinas, Ribeirão Preto, São Paulo e cidade do Rio de Janeiro, mas a expectativa é ampliar, até o final do ano, para Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre e Recife.

Além da compra dos veículos, os investimentos foram feitos também em locação de carregadores e carros elétricos, software de gestão, equipes de motoristas e gestão da frota e adequação da infraestrutura. “A companhia está realizando adaptações em 21 hubs last mile nas cidades previstas, incluindo cabeamento de média tensão de energia nos centros de distribuição e a implementação da tecnologia para gestão da frota”, afirma a companhia em nota enviada à StartSe.

Carro elétrico da Américanas (Foto: Divulgação Americanas)

POR QUE A AMERICANAS ESTÁ INVESTINDO EM LOGÍSTICA SUSTENTÁVEL?

A iniciativa surge como estratégia ESG para reduzir os efeitos da mudança global do clima, tema da Agenda 2030, da ONU (Organização das Nações Unidas) em que governos, empresas e cidadãos de todo o mundo se comprometem a desenvolver os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

“A Americanas S.A. quer ser um player que ajuda a construir a logística do futuro. Os veículos elétricos são mais um importante passo na estratégia de sustentabilidade da companhia e uma alternativa logística para a redução das emissões de carbono, contribuindo para o movimento de transição para uma economia de baixo carbono ”, diz em nota enviada à StartSe Welington Souza, diretor da LET'S, plataforma de logística e fulfillment da companhia. “Com a nova operação, vamos evitar a emissão de mais de 350 toneladas de CO² equivalente no meio ambiente entre junho e dezembro deste ano."

Para isso, a empresa realizou uma série de testes com os carros elétricos em que mostraram autonomia de 200 km a 250 km com uma carga completa de bateria, o que segundo a empresa, seria o suficiente para um dia e meio de operação. "Além dos ganhos ao meio ambiente, os veículos elétricos têm um custo menor de operação. Os gastos com combustível chegam a uma redução de 90%, dependendo da faixa de horário do carregamento”, conta Souza.  

A varejista conta que, com a chegada da nova frota, cerca de 200 empregos diretos e indiretos serão gerados. “Os motoristas dos veículos receberão capacitação especial e serão beneficiados por guiar modelos de carros que oferecem maior conforto e ergonomia”, diz a empresa. Trata-se de uma estratégia em que dois pilares da pauta ESG são abordados: social — como a empresa respeita os seus parceiros (clientes, colaboradores e funcionários) e environmental (ambiental) — como a empresa reduz o impacto ambiental e se preocupa com questões como aquecimento global e emissão de carbono.

POR QUE IMPORTA?

O ESG e a Agenda 2030 estão pressionando uma série de empresas a colocar em prática as iniciativas que fazem parte dos termos. E não é à toa. Cumprir as promessas em menos de nove anos é desafiador, mas também um diferencial para as companhias. Já falamos aqui, por exemplo, que além dessas iniciativas, o consumidor está cada vez mais exigente e cobrando bons posicionamentos das marcas. Isso significa que, quanto mais sustentável for a empresa, melhor será o resultado.

Quando o assunto é logística sustentável, a Lojas Americanas segue a tendência de outras empresas. O Mercado Livre tem uma frota de veículos elétricos. A Telhanorte anunciou que, em breve, as encomendas chegarão na casa do cliente por carros elétricos. O Grupo Boticário terá até 2025 100% de entregas feitas pela modalidade. E a lista segue… Tudo indica que não basta apenas ser apenas um superaplicativo, é preciso ter uma logística rápida e amiga do meio ambiente.

B2W investe em frota de tuk-tuks elétricos para entregas em capitais (Foto: Divulgação B2W)


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo