Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


7 medos que você deve superar para ter sucesso

O sucesso está na frente de sua porta, basta ter a coragem de abri-la e checar o que está lá fora

7 medos que você deve superar para ter sucesso

Pessoas felizes no trabalho (Getty Images)

, Redator

8 min

26 jul 2022

Atualizado: 17 jan 2023

Alguns medos nos seguram mais do que os outros, como aquela jaqueta nova, que ainda não foi bem modelada ao seu corpo. A sensação de desconforto é tanta, que você até cogita jogá-la fora, antes que amoleça e supra todas as necessidades que o levou a comprar aquela peça. Mas no fundo, no fundo, sabemos que é uma questão de paciência e tempo até que você volte a se sentir tão confortável quanto aquela jaqueta velha que te acompanhou em outras fases da vida.

Entretanto, mesmo com esse tipo de consciência, não significa que a nova, na necessidade do agora, ficará molinha e pronta para usar. Ela ainda irá restringir sua mobilidade por um tempo e isso, muitas vezes, trazendo para o mundo dos negócios, é algo que fica no meio do caminho para um sucesso que poderia ser iminente. É nesse ponto que temos que enfrentar algumas barreiras que ficam pelo caminho, para assim finalmente podermos bater no peito e nos considerarmos vencedores, bem sucedidos.

Entrepreneur fez uma listinha de 7 medos comuns que podem realmente atrapalhar a sua empreitada rumo ao sucesso, confere aí:

1 – Medo de críticas e desaprovações

Tomar decisões baseadas no que as pessoas pensam, mesmo que essas sejam sua família ou seus amigos mais próximos, irá debilitar sua autonomia para o resto da sua vida. Escolher uma profissão que confronta a velha opinião formada sobre tudo de seus pais, para muitas pessoas, pode ser completamente um caminho inviável. Mas pare e pense: no caso de insistência de seus sonhos e ao chegar lá e suceder, o que podem falar de você? As críticas estão presentes na desconfiança do meio do caminho e não no resultado final, que qualquer um, com o mínimo de força de vontade, pode chegar. Portanto largue a mão de se preocupar com cada crítica vinda de externos e confie mais no seu taco para resolver todas as questões viscerais da construção de sua carreira.

2 – Medo financeiro

O medo de perder dinheiro, o medo de viver em um padrão de vida um pouco menor do que o vigente na vida de cada um, incapacita grande parte das pessoas. Existe um determinado tipo de programação, na mente de todo ser humano, que dita que a “sobrevivência”, mesmo que baseada na mediocridade, deve estar acima da “prosperidade”. O medo por passar perrengue nunca deve te impedir de correr atrás dos seus sonhos, mesmo que seja necessário um salto de fé no meio do caminho.

3 – Medo do envelhecimento e a incapacidade

O medo do envelhecimento aparece bastante em situações de grandes mudanças na carreira de uma pessoa. O pensamento frequente, nessa conjuntura, é algo mais ou menos assim: “Tenho 46 anos de idade. Como você espera que eu aprenda sobre o negócio imobiliário, se estive atuando com seguro saúde por toda a minha vida?”. Bem, aprendendo. Você tem 46, com uma bagagem extremamente maior do que uma pessoa de 25. Mas aí, nesse tipo de situação, o medo também vai para o que falávamos no item acima: a dependência financeira, já que “se vem funcionando até hoje, por que eu mudaria? Para correr o risco de não conseguir prover mais para minha família?”. No fim das contas, a questão não é envelhecer. É perder a fé em si mesmo, baseada em um longo período de aceitação à mediocridade e pragmatismo.

4 – Medo de falhar

Esse é o clássico caso do “e se?”. E se der errado? E se ninguém gostar? Meu amigo, você está fazendo as perguntas erradas. No lugar da autossabotagem, mapeando todas as maneiras que você pode falhar em uma empreitada, por que não se concentrar em modos que você possam te levar, de fato, ao sucesso? Mesmo que você cometa um erro, ou falhe em uma parte do processo, tentar te dará todos os mecanismos para refletir e corrigir.

5 – Medo de ofender os outros

É comum que as pessoas confundam autopromoção e confiança com arrogância. Mas combinemos, se você nunca se vender, nunca der a cara pra bater com o intuito de se preservar e o medo de ofender as outras pessoas, como descobrirão seus talentos? É extremamente recomendável no mundo dos negócios que esse tipo de flagelo seja deixado de lado, para abrir portas para a audácia e ousadia, afinal, é dessa maneira que você entrará no radar do sucesso.

6 – Medo de assumir um papel vulnerável e ridículo

Normalmente agimos como se o que queremos fosse errado e é nessa conjuntura que temos que ter um pouco mais de fé na nossa habilidade de tomar decisões. É apenas testando essas decisões, seja em um discurso, na produção de um artigo ou até mesmo na gravação de um vídeo, que podemos ter um resultado e a possibilidade de correção no caso de erro. Algumas das maiores decisões tomadas na humanidade foram casuais, que se desviaram do plano original e se transformaram em algo de sucesso que nunca ninguém havia pensado antes. Descubra quem você é e o que se encaixa no seu perfil, para assim, ter a confiança necessária em seguir seu instinto e tomar as decisões que você sabe serem certas para você, independente do resultado. Você irá apenas desempenhar o papel de ridículo se não tentar.

7 – Enfim, medo do sucesso

Muito frequentemente as pessoas possuem o grande medo de se tornarem elas mesmas. Elas possuem medo de suas verdadeiras expressões pessoais, o que é algo, de fato, que pode ser creditado à grande parte dos casos de sucesso. Elas olham para os outros e pensam “olha, eu poderia estar fazendo aquilo também”, ou “por que esse não poderia ser eu?”. Na realidade, o que há por detrás dessas indagações é o fato de que elas se sentem com um medo tremendo de possuir o mesmo nível de fama, fartura, reconhecimento e amor. Desde cedo somos educados de maneira que dificilmente atingiremos o sucesso na vida. Muitas famílias distanciam da mente de suas crianças a parte palpável do “ser bem sucedido”, uma vez que é um conceito surreal, para poucos. 

 


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo