Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Disney compra Roblox e trilhão do TikTok: 6 previsões de Scott Galloway para 2023

O especialista em bigtechs e super renomado no Vale do Silício fez previsões do que podemos esperar neste ano; confira

Disney compra Roblox e trilhão do TikTok: 6 previsões de Scott Galloway para 2023

, jornalista da StartSe

4 min

3 jan 2023

Atualizado: 23 jan 2023

Scott Galloway pavimentou seu reconhecimento no setor de negócios após realizar previsões muito bem acertadas sobre empresas de tecnologia. Entre seus sucessos, há o livro best seller “The Four”, sobre a Apple, Google, Facebook e Amazon. Agora, o professor universitário retorna com suas previsões para 2023…

 

1 - Mais demissões em massa?

As demissões em massa começaram pelas startups e chegaram às bigtechs. Em 2022, Amazon, Meta e Twitter foram algumas das grandes empresas de tecnologia que demitiram milhares de funcionários.

Em dezembro do ano passado, Goldman Sachs, Adobe, Morgan Stanley, Cisco, Asana e CNN também realizaram layoffs. Agora, a expectativa é que o cenário continue o mesmo em 2023.

É possível que o que Elon Musk fez no Twitter possa ser levado em consideração por outras empresas. “Ouvido por acaso em todos os conselhos de empresas de tecnologia: ‘podemos ter o mesmo gosto (redução massiva no número de funcionários/custos) com menos calorias (perda de receita). A maior estratégia em 2023 não será a inteligência artificial ou diversificação de receita, mas ser duro sem ser um idiota”, escreveu o especialista (também conhecido por seu humor ácido).

 

2 - 2023: o ano da ByteDance, Airbnb e Meta

TikTok, aplicativo, rede social, instagram (Foto: Solen Feyissa on Unsplash)

Existem, novamente, rumores de que o TikTok possa ser banido dos EUA. Funcionários do governo não podem mais instalar o aplicativo em seus celulares, por exemplo, pois o governo estadunidense teme espionagem.

No entanto, Scott Galloway continua apostando na ByteDance, empresa chinesa dona do TikTok. Atualmente, ela é mais valiosa do que a Disney, Snap, Twitter, entre outras. Agora, ele aposta que o valor de mercado da companhia possa alcançar US$ 1 trilhão.

Isso porque seu crescimento acelerado não passou despercebido. “A empresa chinesa levou cinco anos para alcançar um bilhão de usuários – três anos menos do que o Instagram e quatro anos menos que o Facebook – e esses usuários permanecem 100 minutos por dia na plataforma”, contou. Ele compara e afirma que, segundo pesquisas, alguns jovens preferem o aplicativo ao streaming.

 

A aposta no Airbnb

Já o Airbnb tem chamado atenção pela recuperação após o período crítico de pandemia. “70% do tráfego no site da companhia é orgânico – no Marriott e Expedia, este número é de 40%. A força da marca resulta em uma margem duas vezes maior do que os concorrentes”, explica.

Segundo Galloway, a empresa também se destaca por gerar meio milhão em receita por funcionário, algo dez vezes maior do que a maioria das redes hoteleiras.

E a Meta?

O ano de 2022 talvez tenha sido o pior da história da Meta até então, mas Galloway vê chances de recuperação. “Sim, o metaverso é burro/estúpido/ridículo, mas a Meta ainda é uma empresa de US$ 120 bilhões com margens operacionais excepcionais. Facebook e Instagram não são mais a novidade, mas a população do hemisfério sul e Índia ainda usam”, escreveu.

 

3 - Roblox será adquirido pela Disney?

Game Roblox (foto: reprodução)

Embora tenha se mostrado um crítico do metaverso, o professor universitário acredita que “o Roblox é o metaverso que funciona”. Isso porque a plataforma ganhou a preferência de jovens e crianças, atingindo cerca de 60 milhões de usuários ativos diariamente.

“No início do ano, as ações do Roblox estavam em US$ 120; agora, estão abaixo de US$ 40. Bob Iger está de volta à Disney e ele pode ser o maior comprador da história. Durante seu primeiro período na empresa, ele adquiriu a Pixar, Marvel, Lucasfilm, Bamtech e a 21st Century Fox”, contou.

 

4 - Avanço nos carros elétricos… E não necessariamente da Tesla

Há algum tempo, o avanço no setor de veículos elétricos era quase sinônimo de um avanço da Tesla. Isso porque a empresa se consagrou no setor de carros elétricos e a concorrência era menor... Mas o cenário mudou definitivamente.

O problema é que a grandeza da Tesla é relativa e a indústria está alcançando. Em Londres, há diversos veículos elétricos e a maioria deles não são Teslas. Na Copa do Mundo no Catar havia diversas propagandas para o Ioniq 5 [Hyundai], escolhido como o veículo elétrico de 2022 pela Car and Drivers”, comentou.

 

5 - Não existem mais deuses da tecnologia?

Ao longo dos anos, muitos empreendedores se tornaram exemplos para a sociedade – alguns foram seguidos religiosamente e Steve Jobs é um deles (embora não seja uma unanimidade).

Mas, agora, a expectativa é que a admiração aos empreendedores fique mais crítica. Isso porque, no ano passado, tivemos a condenação de Elizabeth Holmes, fundadora da Theranos. Sam Bankman-Fried, fundador da corretora de criptomoedas FTX, está em julgamento e havia sido preso temporariamente.

Agora, mesmo os líderes mais admirados estão enfrentando dias de revés – e Elon Musk é um exemplo. Ele se tornou a primeira pessoa a perder US$ 200 bilhões (o que aconteceu após uma massiva desvalorização de ações na Tesla).

 

6 - Inteligência Artificial não é só mais um hype

O foco crescente em inteligência artificial começou no fim de 2022 e a expectativa é que continue. “Diferente da Web3, no entanto, a I.A irá (a maioria) sobreviver ao hype. Nós já vivenciamos a imensa capacidade de geração de imagens e textos de aplicativos de I.A, incluindo Midjourney, Stable Diffusion e ChatGPT”, menciona.

Assista a uma palestra de Scott Galloway

O especialista em bigtechs já é uma presença confirmada no SXSW, conferência que acontece em Austin em março deste ano. O evento reúne tecnologia, inovação, negócios e entretenimento e você poderá ter uma experiência personalizada junto a StartSe. 

QUER PARTICIPAR DO SXSW 2023 COM A STARTSE? INSCREVA-SE AGORA E GARANTA UMA CONDIÇÃO ESPECIAL!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero. Apresenta o podcast Agora em 10 na StartSe e também atua na área de Comunidades na empresa. É especialista em inovação, tecnologia e negócios.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo