Startups de mobilidade Yellow e Grin se unem e criam holding: a GROW

Em breve, usuários poderão pedir bicicletas e patinetes elétricas da Grin no aplicativo da Yellow; com a fusão, startups receberam US$ 150 milhões de investidores

0
shares

A Yellow, startup de bicicletas sem estações e patinetes elétricos, e a Grin, startup de patinetes elétricos, anunciaram uma fusão nesta quarta-feira (30). Juntas, as empresas constituirão a Grow – uma holding focada em soluções de mobilidade urbana.

Com a novidade, investidores já existentes fizeram uma linha de financiamento adicional no valor de US$ 150 milhões. Para o futuro, a intenção das empresas é de dobrar a frota – que hoje conta com mais de 135 mil patinetes e bicicletas – e expandir na América Latina.

Atualmente, a startup mexicana Grin está presente em São Paulo, Cidade do México, Bogotá (Colômbia) e Santiago (Chile). Enquanto isso, a brasileira Yellow estava em expansão no interior do Brasil, em Curitiba, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Florianópolis, Rio de Janeiro, entre outros.

Em apenas seis meses de operação, 2,7 milhões de viagens foram realizadas pelas empresas. Juntas, elas somam 1,1 mil funcionários.

Além dos novos números, outras mudanças estão surgindo com a união das empresas. Em breve, usuários poderão utilizar patinetes da Grin através do aplicativo da Yellow e vice-versa. A parceria da Grin com a Rappi, no qual usuários podem alugar os patinetes no aplicativo da startup colombiana, continua.

“A demanda por esses serviços cotidianos na América Latina é enorme e, combinando forças e recursos, poderemos nos mover mais rapidamente para atender mais usuários. Estamos ansiosos para desenvolver as fortes relações de Grin e Yellow com as autoridades locais e outros agentes interessados em parcerias para criar um valor duradouro para nossa região”, disse Sergio Romo, cofundador da Grin e novo diretor de operações da Grow, no anúncio.

Ariel Lambrecht, cofundador da Yellow, se tornará diretor global de produtos da Grow Mobility Inc. O empresário continuará a liderar operação no Brasil junto à Marcelo Loureiro, responsável pela Grin no país.

Enquanto isso, Eduardo Musa, ex-presidente de operações da Caloi e cofundador da Yellow, deverá se afastar da rotina de administração da Yellow.

Novos concorrentes

A Grin se tornou uma concorrente da Yellow ao fazer uma fusão com a brasilelira Ride e, com isso, entrar oficialmente no país. Agora, as empresas se juntam frente à uma ameaça ainda maior: a Jump.

A Jump foi adquirida pela Uber no ano passado e é a responsável por suas bicicletas e patinetes elétricos. Agora, a expectativa é que as bicicletas compartilhadas da Uber desembarquem neste ano no país.

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários