Brasileiro salvo por Apple Watch recebe mensagem de apoio de Tim Cook

João Ortega

Por João Ortega

8 de janeiro de 2020 às 11:47 - Atualizado há 7 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O publicitário brasileiro Jorge Freire, criador da página Nerd Pai no Facebook, postou um relato neste domingo (6) contando como o Apple Watch salvou sua vida. De acordo com a publicação, Freire foi alertado pelo dispositivo de que sua frequência cardíaca superava os 140 batimentos por minuto (BPM) há mais de dez minutos – o que pode representar um risco sério de ataque cardíaco.

Edtech 2020: saiba como as novas tecnologias estão transformando a gestão do ensino e os modelos de educação

Após receber o alerta, o publicitário foi ao pronto atendimento, onde foi constatado um quadro de taquicardia. Logo, a frequência cardíaca foi controlada com remédios, antes de evoluir para algo mais grave. Segundo Jorge Freire, foi resultado da união de “excessos do fim de ano, stress, ansiedade e a minha burrice de não tomar corretamente meu remédio de pressão”.

“Posso dizer que o Apple Watch 5 me salvou”, afirma o brasileiro. “Não estava sentindo nada e poderia ter ficado com essa taquicardia por horas. Por causa desse episódio recomendo fortemente a todos o uso desse gadget. Ele pode ser a diferença entre a vida e a morte. Sem exagero”.

A publicação viralizou nas redes sociais e o publicitário enviou uma mensagem relatando o caso para Tim Cook, CEO da Apple. O executivo respondeu Jorge Freire por email com a seguinte mensagem (traduzida do inglês):

“Jorge, Feliz ano novo! Estou muito feliz que você está bem agora. Obrigado por compartilhar sua história conosco – ela nos inspira a continuar seguindo em frente. Desejo o melhor, Tim”

Esta não é a primeira vez que o wearable da Apple foi responsável por identificar um mal cardíaco. Nos EUA, em janeiro de 2019, um homem foi avaliado pelo relógio inteligente, após apenas dois dias de uso, com batimentos cardíacos irregulares. Quando foi ao hospital, descobriu que estava com artérias entupidas e conseguiu resolver o problema por ter descoberto prematuramente.