Inovação na medicina: Alibaba treina IA que acerta 96% dos casos de coronavírus

Algoritmo de inteligência artificial aplicado ao exame de tomografia diagnostica com alta precisão pacientes que foram infectados pelo vírus na China

João Ortega

Por João Ortega

18 de fevereiro de 2020 às 17:57 - Atualizado há 1 mês

Em meio à crise do coronavírus, impressiona a velocidade da China para criar soluções com tecnologia visando combater a epidemia. Desde o início da semana, já se avalia que a situação fora da província de Hubei, onde se situa Wuhan, está controlada – excluindo esta região, o número de novos casos está diminuindo. Ainda assim, a cada dia surgem novas ferramentas em setores como construção civil, educação e saúde para auxiliar a população neste momento delicado.

Em relação à medicina, a Alibaba, gigante da internet chinesa, criou um algoritmo de inteligência artificial que consegue diagnosticar casos de coronavírus com 96% de assertividade. O sistema funciona a partir do exame de tomografia e foi treinado pela Academia Damo, um instituto de pesquisa da Alibaba, com dados de 5 mil casos confirmados de contaminação do vírus.

Vale ressaltar que este exame só está sendo usado desde 5 de fevereiro, quando autoridades definiram novos critérios de diagnóstico para a doença. Ou seja, o algoritmo foi treinado em menos de duas semanas.

Além disso, a ferramenta tem a capacidade de distinguir pacientes com outras doenças respiratórias, como pneumonia, daqueles afetados pelo coronavírus. O processamento da inteligência artificial dura cerca de 20 segundos – em comparação, um médico demora cerca de 20 minutos para analisar todas as imagens de uma tomografia para dar um diagnóstico com menor assertividade.

A novidade será adotada em cerca de cem hospitais nas regiões mais afetadas pela epidemia. A expectativa é que ela alivie a rotina dos profissionais de saúde e identifique infectados com maior antecedência, diminuindo o índice de fatalidade.

A divisão de saúde da Alibaba é exemplar quando se fala em aplicações de inteligência artificial que estão revolucionando o setor na China.  No entanto, a transformação das clínicas e hospitais por meio da tecnologia já chegou ao Brasil. Neste curso de Gestão Inovadora para Médicos, da StartSe, profissionais da área ensinam como novas tecnologias, práticas de gestão e modelos de negócio criam oportunidades na saúde. Saiba mais!