Varejo farmacêutico cresce com investimento em tecnologia mobile

Conteúdo Patrocinado

Por Conteúdo Patrocinado

26 de janeiro de 2021 às 14:47 - Atualizado há 4 meses

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

*Por uMov.Me

A indústria e o varejo farmacêutico registraram um crescimento significativo nos últimos anos. De acordo com a Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa, o gasto global com medicamentos deve ultrapassar o valor de US$ 1,5 trilhão em 2023. No Brasil, a estimativa é de que mobilize entre US$ 39 bilhões e US$ 43 bilhões no mesmo período.

Esse aumento também se reflete no faturamento das farmácias, que registrou alta de quase 14% de janeiro a outubro de 2020, conforme dados do IQVIA Brasil, empresa que realiza auditorias no setor. O resultado foi a movimentação de R$ 113,02 bilhões no mercado farmacêutico no País.

Nesse contexto, o ano de 2020 foi de expansão para o Grupo Dimed, através da sua rede de farmácias Panvel, considerada uma das principais varejistas de medicamentos do Brasil. O Grupo, com mais de 50 anos de história presente também na indústria, encerrou o ano passado com o maior volume de inaugurações da sua história: 44 novas lojas espalhadas por Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Além disso, abriu um centro de distribuição em São Paulo, ampliando sua atuação para o sudeste do País. Para 2021, a estimativa é continuar crescendo.

Durante o período da pandemia, houve um aumento das vendas digitais, que passaram de 10% em 2019 para 15% do faturamento da Panvel Farmácias em 2020. Assim, a agilidade das entregas torna-se cada vez mais importante para a companhia, que conta com apoio de tecnologia da uMov.me há cinco anos. A solução criada em parceria com a All.trade — empresa de tecnologia especializada no desenvolvimento de soluções integradas de software —  realiza toda a gestão das entregas, desde a chegada do pedido no centro de distribuição, passando pelo smartphone do motoboy até a casa do cliente.

“A plataforma da uMov.me faz parte da nossa solução omnichannel e está em constante evolução, sempre trazendo a informação mais atualizada para o cliente. Nesse sentido, o nosso objetivo é tornar o acompanhamento do pedido através da função de rastreio cada vez mais em tempo real”, conta Alexandre Arnold, Diretor de TI – CIO da Dimed Panvel.

Crédito: Reprodução/Grupo Dimed

De acordo com Rafael Helm, gerente de projeto da uMov.me, o resultado é que a entrega dos medicamentos ficou muito mais ágil, promovendo mais eficiência e segurança no atendimento ao cliente Panvel.

“Tínhamos como desafio solucionar problemas diários na logística das entregas de medicamentos e produtos da empresa. Foi então que desenvolvemos o aplicativo de logística para o Grupo Dimed, utilizando uma tecnologia madura e robusta. Uma das suas principais funções é a roteirização das entregas, que prioriza endereço, região e centro de distribuição mais próximo. Este é um trabalho que nos traz uma grande satisfação, pois entregamos valor para a rede e para toda a sociedade”, explica Helm.

Crédito: Reprodução/uMov.me

Ele acrescenta que os entregadores recebem as informações de suas entregas em seus smartphones e os clientes podem acompanhar sua localização em tempo real. Além disso, no momento em que o entregador chega a um endereço e conclui a entrega, ele informa via sistema que o serviço foi concluído. Caso não haja ninguém no endereço informado, ele pode registrar por foto que esteve no local.

“São facilidades que antes não eram possíveis e que contribuem com todo o processo de logística da empresa, economizando tempo e recursos da companhia, além de impactar positivamente na vida dos clientes da marca”, completa Helm.

 

Pioneirismo no-code

Liderada por Alexandre Trevisan, a uMov.me é pioneira nacional no desenvolvimento de aplicativos no-code. A plataforma de desenvolvimento de aplicativos sem código completou 10 anos de lançamento em janeiro deste ano. Em 2011, quando chegou ao mercado, o comum era pessoas físicas terem acesso de forma simples a aplicativos. Foi então que a uMov.me colocou a mobilidade tecnológica à disposição das empresas, oferecendo soluções móveis customizadas para os negócios.

“Nosso desafio era tornar tão fácil para uma empresa comprar um aplicativo quanto era para o consumidor final. Dessa forma, criamos uma plataforma disruptiva que permitia às corporações customizarem suas soluções mobile e, assim, inserirem tecnologia em seus negócios, indiferentemente de suas áreas de atuação. Algo bem inovador para a época”, analisa o CEO da uMov.me, Alexandre Trevisan.

Crédito da foto: Guilherme Gargioni

No mercado de logística e transportes, em especial, Trevisan considera muito importante o papel dos aplicativos da uMov.me para negócios de última milha. “A demanda das empresas de diferentes portes por uma entrega mais ágil, eficiente e segura é cada vez maior. A adoção da tecnologia no dia a dia da logística é a única forma de as empresas se tornarem mais competitivas e relevantes nesse mercado”, observa.

Além do setor de logística, como é o caso do Grupo Dimed, a plataforma atende segmentos de vendas, trade marketing, serviços e facilities. Nesses 10 anos, já foram atendidas mais de 10 mil empresas e criados mais de 26 mil aplicativos, com aproximadamente 295 mil usuários.