Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Comida natural e prática para pets é aposta da Zee.Dog Kitchen

Marca investe no mercado de alimentos saudáveis, mirando em donos que buscam qualidade de vida para seus animais de estimação

Comida natural e prática para pets é aposta da Zee.Dog Kitchen

, Jornalista

8 min

1 jul 2022

Atualizado: 16 jan 2023

Por Camila Petry Feiler

O segmento de alimentação representa cerca de 75% da indústria pet, de acordo com análise da XP Investimentos. E embora o nicho de alimentos naturais ainda seja pequeno, a busca por opções mais saudáveis vem crescendo entre os donos de animais de estimação  – e deve se desenvolver rápido, viu?

De olho nesse mercado, a Zee.Dog não perdeu tempo: viu os desafios que os donos que cozinham tinham, como curto prazo de validade e necessidade de congelamento, e miraram em uma iniciativa transformacional, a Zee.Dog Kitchen. A gente contou aqui como tudo começou.

Rafael Nicolau, analista líder do time de Customer Experience de Zee.Dog Kitchen, conta que “a divisão Zee.Dog Kitchen surge da vontade de oferecer uma verdadeira revolução no campo da alimentação natural para cachorros. A contribuição da Zee no mercado pet, sobretudo nos acessórios, é grande, e entendemos que era hora de dar um passo além na alimentação.”

A unidade de negócio começou a vender nove opções de refeições completas em potes em junho. Existem rações de baixa caloria, hiperproteicas, para peles sensíveis, para filhotes e para cães idosos, por exemplo.

OS PILARES DA TRANSFORMAÇÃO

Fundada em 2012, a Zee.Dog já está presente em mais de 50 países, e aposta em comunicação, comunidade e tecnologia de produto e serviço como diferenciais. Para a expansão do negócio, ela se concentrou em saúde, sustentabilidade e praticidade, trazendo um braço de ESG e mantendo o alinhamento com o que a marca entregou até hoje. 

“Quando falamos de alimentação natural para cachorros, as dietas são criadas para ser suficientes aos cachorros nos seus micro e macronutrientes. Quanto à sustentabilidade, toda a produção é envolvida nesse pilar, que é um ciclo que começa desde a produção de alimentos com fazendeiros locais e familiares, passa pelo mínimo gasto de água na produção das dietas e termina com um produto final livre de plástico", explica Rafael. 

Um exemplo prático de processo sustentável adotado pela empresa é o topper de proteína de inseto, que será lançado em breve: sua produção não usa um litro de água sequer.

“Por fim, a praticidade, que é uma dor do cliente que costuma usar alimentação natural, que geralmente é congelada e não preza pela experiência no que é o melhor momento do dia para o cachorro, a hora de comer", finaliza o analista. Claro que tudo isso se sustenta, ainda, em dois pontos fundamentais, que são a experiência e o cliente como centro.

 

UNINDO PETS E HUMANOS: FOCO EM ESTILO DE VIDA

Como um mercado em expansão, o objetivo da Zee.Dog Kitchen é conseguir criar escalabilidade, sem perder a praticidade da ração e a qualidade dos ingredientes naturais. A empresa já se apresentava com o propósito de conectar cachorros e pessoas através de seus acessórios, elencando estilo de vida e priorizando a conexão entre pessoas e seus animais. 

“Com Zee.Dog Kitchen não é diferente, o estilo de vida que buscamos hoje é o da fuga dos alimentos ultraprocessados para cachorros, o que é um reflexo do que entendemos que seja um movimento da sociedade como um todo, de busca por opções naturais que atendam a uma percepção de qualidade de vida", conta Rafael.

 

POR QUE IMPORTA?

Existe uma mudança de comportamento e um novo conceito de família. Afinal, cresce o número de pessoas que enxergam seus pets como filhos -- e não como animais de estimação. Para você ter uma ideia, na Radar Pet 2019, 24% dos donos de cães os consideravam filhos; na edição de 2021, o percentual chegou a 31%. Para os gatos, o percentual ficou o mesmo nos dois anos: 27%.

Esta tendência, claro, caminha de mãos dadas com o consumo, em que o mercado pet é muito promissor: no Brasil, seu faturamento foi de R$ 40,8 bilhões em 2020 , segundo o Instituto Pet Brasil. E a busca por melhores condições aos bichinhos também aumenta. 

Até os escritórios estão se tornando pet friendly, imagina, então, o peso da alimentação que ressoa nos animais e nas famílias cuidadoras? Rafael diz que o futuro da alimentação natural já começou a ser traçado e “os desenvolvimentos tecnológicos que procuramos para oferecer uma verdadeira inovação rende hoje, e renderá ainda mais no futuro, um avanço no que conhecemos como alimentação natural.”

 

Veja também:


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista focada em empreendedorismo, inovação e tecnologia. É formada em Jornalismo pela PUC-PR e pós-graduada em Antropologia Cultural pela mesma instituição. Tem passagem pela redação da Gazeta do Povo e atuou em projetos de inovação e educação com clientes como Itaú, Totvs e Sebrae.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo