Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Profissão em alta! Product manager aumenta média salarial em 2022

Segundo relatório da PM3, o salário médio para o cargo saltou de R$10.059 em 2021 para R$13.056 em 2022

Profissão em alta! Product manager aumenta média salarial em 2022

Homem trabalhando com tecnologia (Fonte: Getty Images)

, conteúdo exclusivo

5 min

7 nov 2022

Atualizado: 15 dez 2022

Você com certeza deve ter um amigo que é product manager, ou até mesmo fez uma transição de carreira para trabalhar como um em alguma startup ou setor de tecnologia de uma empresa. Segundo um levantamento da edtech PM3, a profissão está em alta no Brasil, inclusive aumentando a sua média salarial em 29% de 2021 para 2022.

Segundo o relatório, o salário médio de PMs saltou de R$ 10.059 em 2021 para R$ 13.056 em 2022. Segundo apontaram os respondentes, São Paulo se manteve como o estado com a maior média salarial ponderada (R$ 13.339), seguido por Santa Catarina (R$ 12.163) e Rio de Janeiro (R$ 11.637).

Além disso, a pesquisa mostra que a competição anda alta neste segmento. Entre os respondentes, 43,7% afirmaram ter participado de 1 a 3 entrevistas na área de Produto nos últimos 6 meses. Destes, 7,7% chegaram a participar de 10 ou mais entrevistas no mesmo período.

Quanto ao modelo de trabalho, 70,9% trabalham de maneira 100% remota, contra 24,4% que atuam no modelo híbrido, e 4,7% que estão tempo integral no presencial. “Em 2021, a pergunta foi um pouco diferente: questionamos qual era o modelo preferido dos profissionais, e a resposta foi que 65,9% preferiam o híbrido, 33,4% o remoto e apenas 0,7% o presencial”, afirmou a PM3 no relatório.


ALGUNS PORÉNS

Contudo, nem tudo são flores: na parte salarial e de lideranças, a paridade entre homens e mulheres ainda não é uma realidade. A maior parte (37,5%) das líderes mulheres está na faixa entre R$ 15 mil e R$ 20 mil. O número é maior que em 2021 e parece positivo, mas ainda não é tão bom quanto dos homens: dentre eles, a maior faixa está entre R$ 20 mil e R$ 30 mil de salário mensal.

Outro ponto não tão animador: 40% dos mais de 2 mil respondentes admitiram que não há nenhum profissional de Marketing de Produto nas suas empresas. Por outro lado, 28,6% apontaram a presença de 1 a 3 profissionais na função, e 15,5% disseram contar com 10 ou mais Product Marketers no time.

“Os dados mostram que, apesar de algumas empresas terem identificado a necessidade desse profissional e estarem adequando seus times para obter uma performance melhor, a maioria ainda não abriu oportunidades na área”, constata o estudo.

(Por Leandro Miguel Souza, publicado originalmente em Startups.com.br)


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

O mais conceituado portal sobre startups do Brasil. Veja mais em www.startups.com.br.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo