Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Pedir Uber pelo WhatsApp? Entenda a estratégia e como vai funcionar no Brasil

Olhando para o comportamento do usuário, a Uber mira na expansão da operação a partir do WhatsApp

Pedir Uber pelo WhatsApp? Entenda a estratégia e como vai funcionar no Brasil

Whatsapp (foto: Getty)

, Jornalista

3 min

25 nov 2022

Atualizado: 4 jan 2023

Já pensou em chamar o Uber pelo WhatsApp? Agora é possível no Brasil. Anunciada nesta quinta-feira (24), a novidade está disponível nas cidades de Teresina (PI), São Luís (MA), Sobral (CE) e Juazeiro do Norte (CE).

A ideia é que o usuário tenha menos aplicativos, mas com as mesmas possibilidades. Para solicitar, é preciso ter uma conta cadastrada na Uber e que o login já tenha sido feito no aplicativo para utilizar a funcionalidade.

Como pedir?

Exclusivo, por enquanto, para as categorias UberX e Uber Moto, na hora de chamar pelo WhatsApp, os usuários confirmam os detalhes como a origem e destino da viagem enviando mensagem para o número (11) 94488-3478.

Nesse caso, todas as corridas devem ser pagas em dinheiro e só funcionam das 6h às 22h. 

De acordo com a Uber, os recursos de segurança permanecem, como o registro das viagens por GPS, além da checagem dos motoristas parceiros. Para os clientes, a checagem é feita através do CPF.


Por que importa?

O Brasil é o segundo país a receber a novidade, ainda em teste, que já está em operação na Índia. Para a empresa, é um passo em busca do comportamento do usuário. Ao G1, o head do WhatsApp na América Latina, Guilherme Horn, explica que o WhastApp é como fazemos as coisas no Brasil. Se já é possível agendar consultas, solicitar compras no supermercado, fazer transações bancárias, por que não pedir o Uber também?

Pensando em expandir o acesso ao serviço, a empresa ganha novos usuários. Isso serve para quem tem menos facilidade para lidar com diferentes apps ou mesmo para aqueles que não tem espaço no armazenamento do celular.  


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista focada em empreendedorismo, inovação e tecnologia. É formada em Jornalismo pela PUC-PR e pós-graduada em Antropologia Cultural pela mesma instituição. Tem passagem pela redação da Gazeta do Povo e atuou em projetos de inovação e educação com clientes como Itaú, Totvs e Sebrae.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo