Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Mark Zuckerberg alerta equipe da Meta sobre tempos difíceis pela frente

A crise está chegando em empresas como a Meta, que anunciou ventos contrários, redução na contratação e até um pedido de retirada para quem não está agindo de acordo com a cultura da empresa

Mark Zuckerberg alerta equipe da Meta sobre tempos difíceis pela frente

Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook (foto: Getty)

“Os ventos contrários são ferozes”.

Essa foi a frase de Mark Zuckerberg numa convenção com os funcionários da Meta, empresa dona do Facebook, Instagram e WhatsApp.

Segundo ele, a empresa “vive sua pior crise” e que é o momento de “subir a temperatura” para que funcionários incapazes de atingir metas agressivas saiam da empresa.

Ele diz ainda que a Meta precisa executar com precisão seus próximos passos, porque há menos dinheiro e recursos disponíveis.

Para construir o seu futuro - metaverso - a Meta tinha o plano de contratar 10 mil engenheiros. Esse número agora caiu para 6 mil.

+ Como funciona o metaverso idealizado pelo Facebook?

São, ao todo 77 mil funcionários na companhia e, ainda segundo Mark, “muitas dessas pessoas claramente não deveriam estar aqui”.

Os últimos meses têm sido tensos para Zuck. A empresa vale hoje US$ 433 bilhões, mas já chegou à marca de US$ 1,1 trilhão.

Há quem diga que estamos vendo nascer uma nova Kodak e que o futuro da Meta será o mesmo do Orkut, que desapareceu quando o Facebook surgiu.

+ A História da Kodak: Como ela foi de uma das empresas mais inovadoras a falência

Dessa vez, os inimigos principais são: TikTok, que tira usuários dos aplicativos de Zuck, e a Apple, que bloqueou a captura de dados nos iPhones.

COMO OS DADOS IMPACTAM A ESTRATÉGIA DA META

Esse bloqueio de captura de dados acertou em cheio a Meta. Essa “equação” abaixo explica o motivo de tanta perda:

1. Menos dados = menor eficiência nos anúncios.

2. Menor eficiência = mais custo para anunciantes.

3. Mais custo = busca por outras opções.

4. Outras opções = menos dinheiro pra Meta.

Não está fácil a vida do Mark. Mas o que está acontecendo lá é só a versão expandida do que acontece em todas as empresas hoje.

O pensamento de Organização Infinita precisa ser implementado o quanto antes. Para uma empresa se manter relevante no tempo, ela precisa se reinventar o tempo todo.

Ligue os radares, fique atento aos sinais e acredite que o sucesso do passado não garante o sucesso do futuro.


Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo