Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Snapchat: assombrado pelo próprio fantasma?

Um dos aplicativos móveis mais baixados da década, o Snapchat hoje enfrenta uma crise de desvalorização e precisa reinventar-se se quer continuar perpétuo.

Snapchat: assombrado pelo próprio fantasma?

Foto por: Rock Content

, Produção de Conteúdo

6 min

28 mai 2022

Atualizado: 4 jan 2023

Imagina ter uma empresa bilionária e inovadora no segmento de redes sociais, a qual inspirou comportamentos parecidos em muitas concorrentes. Agora, imagina essa mesma empresa, de um dia para o outro, perder mais de 160 bilhões de dólares de valor de mercado. Parece assustador e improvável, não é?

Foi o que aconteceu com a Snap Inc. A empresa estadunidense de câmeras e mídias sociais, ganhou notoriedade no mundo quando fundou o aplicativo Snapchat, em 2011, que se tornou referência em modelos de conteúdo nas redes sociais, inspirando os stories do Facebook e Instagram

Com o tempo, a rápida posição da concorrência e as novidades constantes no mercado, fizeram com que o Snapchat cada vez mais fosse ficando para trás em relação a outros aplicativos de mídia com funções similares. Após passar por várias atualizações de versão, em 2017 veio a primeira crise de produto.

Em novembro deste mesmo ano, o aplicativo passou por um redesign, o que a própria Snap Inc. chamou de “O novo Snapchat”, para tentar permanecer relevante no mercado, mas parece que o efeito foi o contrário do esperado. Muitos usuários criticaram a nova versão do aplicativo, dizendo ter atrapalhado as funcionalidades primárias do mesmo. Três meses depois, um tweet da influencer Kylie Jenner reclamando da interface do app, foi o suficiente para fazer a empresa perder U$ 1,3 bilhão em valor de mercado em um dia.

Em 2019, o Snapchat foi considerado o quinto aplicativo móvel mais baixado da década, o que fez com que, em 2020, a Snap Inc. adquirisse a Al Factory para aprimorar suas capacidades de vídeo, numa tentativa de permanecer relevante… mas não foi o suficiente. Desde 2017, o aplicativo já vinha perdendo sua relevância, e pequenos aprimoramentos não serviram para mantê-lo no topo. 

Era necessário mais. Algo que tornasse o Snapchat de novo um gigante, ou então, pensar até mesmo em acabar com o Snapchat e inventar outro aplicativo. Nada disso aconteceu. Pelo contrário, novas redes como o TikTok ganharam espaço e roubaram a audiência de quem ficou para trás. Por esse motivo, o lucro da Snap Inc. caiu para U$ 20 bilhões e derreteu 43% em ações em um único dia. Uma empresa que já valeu mais de U$ 160 bilhões.

Casos como esse da Snapchat, são mais comuns no meio corporativo do que você imagina. Se você quer ficar por dentro de tudo e saber como evitar que sua empresa passe pelo mesmo, assista ao Podcast Organizações Infinitas. Todas as quartas, às 17h, um conteúdo novo para você.

Thumbnail do vídeo

Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Produtora de conteúdo na StartSe, roteirista e organizadora do Podcast Organizações Infinitas.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo