Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


E os Layoffs continuam... Warren faz demissão em massa

Não está fácil para as fintechs...

E os Layoffs continuam... Warren faz demissão em massa

Warren (Foto: Warren)

Conteúdo exclusivo Startups 

Depois de empresas como a Hash e Ebanx promoverem demissões em massa nos últimos meses, o app de gestão de investimentos Warren se junta ao clube do passaralho. Até o momento da publicação desta reportagem, mais de 50 nomes já constavam na lista de pessoas dispensadas.

A notícia já está circulando nas redes, com usuários levantando os nomes das pessoas dispensadas em uma planilha online, que está sendo atualizada à medida em que as demissões estão sendo feitas. Segundo apurou a reportagem do Startups, os cortes atingiram principalmente a área de tecnologia, em áreas como front-end, UX e engenharia de dados. A Warren emprega mais de 700 pessoas, segundo a página da empresa no LinkedIn.

Procurada pela reportagem do Startups, a Warren confirmou as demissões, afirmando que os cortes fazem parte de uma “série de revisões de processos e projetos”, o que resultou na reestruturação de diversas áreas do negócio. Contudo, a companhia não deu detalhes sobre o número de demissões ou quanto às áreas que foram desligadas ou reformuladas.

Além da área de tecnologia, cortes também foram realizados em áreas como administrativo, compras e marketing, incluindo a CMO da companhia, Lilian Faria. Segundo uma das fontes ouvidas pela reportagem, a empresa já tinha dispensado diversos executivos do alto escalão do marketing da companhia no mês passado, sem muito alarde.

Outro detalhe curioso são cortes na parte de educação, incluindo a diretora da área, Alessandra Chemello. Isso vem poucos meses depois da fintech ter lançado uma plataforma dedicada à conteúdos educativos para investidores, a Warren Edu.

De acordo com fontes ouvidas pelo Startups, a demissão pegou muitos de surpresa, sendo que a companhia levantou no último mês uma extensão de sua série C de R$ 300 milhões, com um aporte da Citi Ventures, de valor não revelado. “A justificativa [para os cortes] foi reestruturação e mudança da estratégia da companhia”, disse uma fonte ligada à Warren, mas que preferiu não se identificar.

Outra fonte que também não quis ser revelada citou ao Startups outro motivo de insatisfação por parte dos demitidos. Em junho, a Warren promoveu um festival de dois dias de música em Santa Catarina. O Warren Stannis Festival reuniu cerca de 10 mil pessoas, com shows de artistas como Titãs, Ratos de Porão, Tropikillaz, Raimundos e outros. “É muita loucurada, muita decisão errada! Como os funcionários estão se sentindo? Muito mal mesmo”, afirmou.

Um outro parêntese interessante: esta semana a fintech multinacional Belvo anunciou seu novo VP de finanças, Leandro de Piano. Por mais de três anos ele foi sócio na Warren, ocupando o cargo de CFO da companhia de 2019 a fevereiro de 2022, quando assumiu a posição de Chief Administrative Office (CAO). De Piano saiu da Warren em junho.

Confira abaixo a nota da Warren na íntegra:

Após 6 M&As realizados, incorporando a totalidade dos colaboradores das empresas, a Warren fez uma série de revisões de processos e projetos, além de inúmeras avaliações, o que resultou na reestruturação das áreas, na priorização de iniciativas e na readequação do quadro de colaboradores.

Para seguir oferecendo uma plataforma de investimentos cada vez melhor para os seus clientes, a Warren irá focar em gerar eficiência no desenvolvimento de seus serviços e produtos. Somos a maior gestora de carteiras administradas do Brasil e seguimos com o propósito forte de oferecer uma experiência isenta de conflito de interesses aos brasileiros.

Aos profissionais envolvidos neste processo, a Warren oferecerá um pacote de auxílios, que inclui plano de saúde estendido, consultoria de carreira e outros materiais de apoio.


Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo