Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Dinheiro da Geração Z: Nubank lança conta para menores de 18 anos

Entenda porque os bancos estão correndo para abrir espaço também para os mais jovens.

Dinheiro da Geração Z: Nubank lança conta para menores de 18 anos

, Jornalista

4 min

10 nov 2022

Atualizado: 4 jan 2023

Agora jovens com idade entre 12 e 17 anos vão poder ter conta no Nubank. A empresa afirma que eles terão acesso ao cartão de débito e também podem usar as “Caixinhas”, recurso disponibilizado pelo banco para guardar dinheiro de forma organizada. Porém, eles precisam de um responsável maior de 18 anos com conta no Nubank Brasil para seguir com a abertura.

Depois de um período de teste, o banco oficializou a iniciativa por registrar um aumento de 42% na demanda. Segundo pesquisa interna, 61% dos pais entrevistados disseram enxergar a conta para seus filhos de 12 a 17 anos como benéfica. De acordo com a empresa, os jovens têm engajamento 20% maior do que o público maior de idade. Além disso, o pagamento via Pix é a funcionalidade mais usada por eles.

Foco na Geração Z


A ideia de que os jovens não sabem lidar com dinheiro está ficando para trás. De acordo com dados da Accenture, 68% das pessoas na faixa da geração Z são mais responsáveis financeiramente do que as gerações mais velhas. Mais de um terço tem mais de US$ 1.000 em economias e é a geração menos provável de estar endividada.

O Nubank testou, viu a demanda crescer e entendeu que era hora de empoderar este público. Como nativos digitais, eles naturalmente se sentem mais à vontade com produtos digitais. Não deve ser surpresa, então, que a geração Z seja a maior adotante de serviços de fintechs.

Velozmente, o Nubank sai à frente de organizações tradicionais, oferecendo as primeiras opções para atrair este público, garantindo todo o background que a empresa desenvolveu nos últimos anos em termos de produtos e serviços, unindo digitalização, customização, educação financeira e foco na experiência do cliente para ganhar o coração (e bolso) dos mais jovens.

Por que importa?

A geração Z já é a maior geração do mundo hoje, representando cerca de 30% da população brasileira e mundial. Quem puder entender e capturar as preferências desta geração agora, colherá os frutos nos próximos anos e décadas.

Por isso, ao dar estrutura e acesso, o Nubank se torna também um ponto de apoio e princípio de educação financeira. Mais do que um banco, uma marca que apoia o desenvolvimento financeiro dos jovens e autonomia, ganhando um diferencial com as Caixinhas. 

De olho nos futuros (e presentes) clientes, o banco canaliza soluções para abraçar um mercado com grande potencial no Brasil. E claro, com uma estrutura diferente de concorrentes como o Z1, que ainda luta para conquistar esse espaço, ou dos bancos tradicionais, que sofrem para ter a velocidade do neobanco. 


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista focada em empreendedorismo, inovação e tecnologia. É formada em Jornalismo pela PUC-PR e pós-graduada em Antropologia Cultural pela mesma instituição. Tem passagem pela redação da Gazeta do Povo e atuou em projetos de inovação e educação com clientes como Itaú, Totvs e Sebrae.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo