Sou Aluno
Formações
Imersões
Eventos
Tools
Artigos
Sobre Nós
Para Empresas

Como lideranças bem-sucedidas constroem confiança e resolvem problemas

Escute as preocupações das pessoas, reconheça suas emoções e demonstre que você se importa com elas. Saiba como!

Como lideranças bem-sucedidas constroem confiança e resolvem problemas

Pessoas conversando no escritório (Foto: Pexels)

, jornalista

5 min

8 dez 2023

Atualizado: 8 dez 2023

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!

Seu time costuma procurar culpados, são resistentes ou dizem que sempre foi assim? Não procuram novas soluções? Você precisa construir um ambiente de confiança antes de corrigi-los.

Sabemos que a sua vontade é dar as respostas e resolver rapidamente o problema.

Mas acredite: se você optar em escutar as preocupações das pessoas, reconhecer suas emoções e demonstrar que você se importa com elas – mesmo que não concorde –, sua solução será muito melhor recebida.

É o que a escritora Amare Way, em seu livro “The Amare Wave: Uplift Your Business by Putting Love to Work”, orienta.


Qual é o impacto da confiança no trabalho?

Para você ter uma noção, um estudo da Harvard Business Review, mostra que as pessoas que trabalham em empresas de alta confiança relatam:

  • 74% menos estresse
  • 50% mais produtividade
  • 13% menos ausência por doença
  • 76% mais engajamento
  • 29% mais satisfação com suas vidas  
  • 40% menos esgotamento do que pessoas em empresas com baixa confiança

Agora, se questione para saber se você está no caminho correto:

  • Você escuta ativamente para compreender ou apenas para responder?
     
  • Com que frequência você reconhece a perspectiva da sua equipe antes de oferecer soluções?
     
  • De que forma você pode promover um ambiente de trabalho mais empático e confiável?

E afinal, quais técnicas usar para construir confiança e resolver problemas?

1 - Seja transparente

Compartilhe informações de forma aberta e sincera: “não omite informações do time. Mantenha-os atualizados sobre o que acontece na empresa. Jamais tome decisões em segredo”, escreve Abbey Lewis para a Harvard Business.

Forneça feedback com frequência: seja uma liderança clara com a equipe. Compartilhe como os funcionários estão acompanhando seu desempenho, tanto de forma positiva quanto construtiva.

2 - Seja uma pessoa autêntica

Comece com autoconsciência: “lideranças tornam-se mais autênticas quando começam por saber quem são – o que valorizam, no que são bons, quão inteligentes são emocionalmente – e como os outros as percebem”, comenta Lewis.


Mostre vulnerabilidade: engana-se se você pensa que liderança não é vulnerável. Quando elas revelam os seus tropeços e os seus fracassos, são vistos como mais acessíveis e menos arrogantes, como aponta este estudo. Comece compartilhando lições de erros passados.
 

3 - Seja confiável
 

Cumpra os compromissos: para isso, garanta que suas ações estejam alinhadas com suas palavras.

Demonstrar integridade e justiça: “Todos os membros da equipe devem poder contar com os seus líderes para um tratamento justo, especialmente quando se trata de oportunidades de crescimento. Proporcione a todos experiências de aprendizagem para que possam desenvolver suas habilidades, seja por meio de projetos, programas de treinamento ou outras funções na organização”, conta Lewis.
 

Por que importa?

Além disso, a conexão emocional ajuda a construir um senso de comunidade e propósito. Quando as pessoas se sentem conectadas umas às outras, elas se sentem mais motivadas a trabalhar juntas para atingir um objetivo comum.
 

Leitura recomendada

Agora, aprenda, na prática, os 3 níveis de eficiência que toda empresa precisa aplicar e executivos precisam aprender para se manter relevante. Confira!

Thumbnail do vídeo

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Sabrina Bezerra é jornalista especializada em carreira e empreendedorismo. Tem experiência há mais de cinco anos em Nova Economia. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Leia o próximo artigo

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!