Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Essa é a mulher que vai salvar a Americanas? Conheça Camille Faria

Nova CFO da Americanas tem experiência em recuperação judicial na Oi e sai da Tim para assumir o cargo. Veja quais são os desafios que a nova CFO da Americanas deve enfrentar!

Essa é a mulher que vai salvar a Americanas? Conheça Camille Faria

, Jornalista

4 min

19 jan 2023

Atualizado: 19 jan 2023

A história que eclodiu envolvendo a Americanas parece estar só no começo. Depois do rombo contábil calculado em mais de R$20 bilhões, a companhia anunciou a contratação de Camille Loyo Faria como nova CFO (Diretora Financeira) e DRI (Diretora de Relações com Investidores). 

Ela começa o mandato em 1 de fevereiro, mas já é vista com bons olhos pelo mercado. Enquanto não assume, a Americanas contratou o banco Rothschild & Co, que atuará como interlocutor para a renegociação das dívidas da empresa com credores nacionais e internacionais.

Mas por que as expectativas são altas em relação à Camille Faria?

Fachada Lojas Americanas (Foto: Divulgação Lojas Americanas)

Com o pedido de recuperação judicial anunciado pelas Americanas, é possível que ela encare negociações difíceis pela frente. 

Camille tem em seu currículo a passagem pela Oi, como CFO, exatamente durante o período de recuperação judicial em 2019. Por isso, o JPMorgan destaca “a experiência relevante no assunto em um contexto em que a Americanas provavelmente entrará em recuperação judicial, na sequência da liminar apresentada na sexta-feira passada.

Ela, que agora deixa o cargo de CFO da Tim, também possui uma extensa experiência em bancos de investimento, que exige muito conhecimento da parte de contábil, de balanços e de fluxo de caixa.

Em nota, o CEO da Tim, Alberto Griselli, agradece Camille “por seu comprometimento e dedicação no desempenho de suas funções ao longo de seu período de gestão e entregas de extrema importância como o processo de aquisição e de integração dos ativos da Oi Móvel.”

Polêmica envolvendo fatos relevantes


A Americanas vem sendo criticada por ter divulgado fatos relevantes em uma live fechada promovida pelo BTG. A executiva vai precisar se atentar a isso, ainda mais por ter fechado um acordo de R$1,38 milhão com a Comissão de Valores Mobiliários para encerrar dois processos relativos à divulgação de fatos relevantes.

O que aconteceu? Na Oi, a companhia teria demorado para informar ao mercado o recebimento da proposta de Claro, Vivo e TIM por sua rede móvel. Já na TIM, teria havido falha na comunicação ao mercado assim que a controladora recebeu uma oferta de compra pela subsidiária brasileira.

Por que importa?

O caso Americanas tem desdobrado nuances e repercutido em instituições financeiras e no mercado. O anúncio de Camille é um pedido de confiança na instituição, enquanto recupera o fôlego em um pedido de recuperação judicial. Inclusive, agora ele se torna o quarto maior pedido de recuperação judicial do Brasil. 

A perspectiva é que a nova CFO traga, em um background ligado à situação, aberturas para negociações e possibilidades. Enquanto isso, acompanhamos os desdobramentos da situação, que deve trazer novos capítulos.

Leitura recomendada

Quer ficar por dentro de outros movimentos no mercado de trabalho e descobrir qual é a melhor maneira em fazer gestão? Baixe gratuitamente o novo app StartSe e tenha acesso a conteúdos exclusivos: Android | iPhone
 


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista focada em empreendedorismo, inovação e tecnologia. É formada em Jornalismo pela PUC-PR e pós-graduada em Antropologia Cultural pela mesma instituição. Tem passagem pela redação da Gazeta do Povo e atuou em projetos de inovação e educação com clientes como Itaú, Totvs e Sebrae.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo