Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Transformação Digital

Como internacionalizar o e-commerce

Saiba como vender os produtos de sua loja virtual para fora do Brasil e quais são as principais estratégias para atrair o consumidor certo.

Como internacionalizar o e-commerce

e-commerce, loja virtual, embalagem (Foto: atomicstudio via Getty Images)

7 min

24 jun 2021

Atualizado: 30 nov 2022

Se você empreende, eu duvido que não tenha pensado — ao menos — uma vez em vender para fora do país. A boa notícia é que, se o seu negócio for e-commerce, pode ser mais fácil do que você imagina. É o que afirma Hugo Hoch, especialista e consultor de marketing e vendas no Sebrae-SP. “É uma excelente oportunidade visto que hoje existem uma série de ferramentas de integração de globalização”, diz ele em entrevista à StartSe. Confira as dicas abaixo:

+ Quer aprender mais? Veja as lições do maior mercado de e-commerce do mundo

e-commerce, loja virtual, loja online (Foto: Pexels)

COMO VENDER FORA DO BRASIL

Escolha o país que deseja expandir o negócio
O primeiro passo é o planejamento prévio. “Identifique as localidades que você gostaria de expandir o negócio. Pois, sem estratégia, de nada adianta a internacionalização. Lembre-se: não adianta atirar para todos os lados. Uma boa dica para os iniciantes é começar em países da América Latina por ter uma cultura parecida com a brasileira", diz Hoch.

Estude sobre o local e identifique o público-alvo
“Você vai oferecer o produto para uma cultura diferente da brasileira. É importante estudar e conhecer a linguagem e a cultura para identificar quais produtos serão vendidos. Para isso, descubra qual é o seu público-alvo. […] Por exemplo, se você for expandir para Oriente Médio, e a sua marca for de roupas femininas, não faz sentido vender looks que deixam parte do corpo à mostra." Além disso, é importante entender como funciona a legislação do país para o comércio eletrônico e deixar todas as políticas disponíveis no site.

Tenha equipe de atendimento qualificada
Após escolher o país que deseja vender, é importante ter um time de atendimento que tenha fluência no idioma e faça o turno de trabalho de acordo com o fuso horário. “Um dos grandes critérios de sucesso de e-commerce é o tempo de resposta. Quanto mais rápido a empresa responder, maiores serão as chances de fechar o negócio”, diz o especialista. Por isso, é importante ter os atendentes preparados para atender o novo público.

Quer aprender a construir um e-commerce de sucesso? Assista esta aula gratuita.

Avalie o concorrente
Faça um mapeamento dos seus concorrentes, como é a linguagem e como atuam no mercado online. Mas não os copie. 

Tenha ferramentas de pagamento apropriadas
Pesquise plataformas de pagamento que tenham a opção de operações internacionais. “Veja qual oferece a melhor taxa, por exemplo”, afirma o especialista.

Entenda sobre a logística
“Veja como funciona a legislação de cada país referente a logística e escolha um bom meio de transporte para evitar problemas de entrega”, diz Hoch.

COMO CONQUISTAR OS CLIENTES

Adapte o idioma do site
É importante adaptar o idioma do site de acordo com o do país. “Para que o consumidor se sinta o mais próximo possível da marca”, conta o especialista. 

Use palavras-chaves
Além disso, inclua as palavras-chaves de acordo com o local. “O SEO (Search Engine Optimization) deve ter embasamento com a região. Desta forma, será mais fácil encontrar a sua loja virtual em sites de buscas."

Venda os produtos também em marketplace
“Uma boa dica para quem está começando a internacionalização, é vender também por meio de marketplaces. Os dois [site próprio e marketplace] andam juntos na estratégia em fisgar novos clientes. O marketplace vai ajudar a marca a se tornar mais conhecida”, diz o especialista.

Crie perfis em redes sociais para cada país
Como cada região tem a sua cultura, a própria persona, o próprio estilo, é importante que a estratégia de marketing esteja ligada a isso. "Não adianta ter um perfil geral. O carro-chefe, com certeza, será diferente do que é o do Brasil, por isso, é importante ter uma rede social para cada país, com postagens feitas de acordo com o público-alvo." “Ou seja, postar conteúdos que sejam atrativos por meio de texto e foto nas redes sociais.”


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo