Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Carreira

Como promover um funcionário no home office?

Saiba quais fatores devem ser considerados antes de promover um colaborador.

Como promover um funcionário no home office?

Foto: Moyo Studio via Getty Images

5 min

31 mai 2021

Atualizado: 30 nov 2022

Por Sabrina Bezerra

Mudar o nível de hierarquia ou oferecer cargos de liderança aos funcionários não são tarefas tão simples. Afinal, o líder precisa escolher — normalmente — apenas um colaborador para ocupar o novo posto. E se antes da adoção do home office já era uma tarefa difícil, agora, pode ser um pouco mais, visto que o contato físico entre liderança e colaboradores foi reduzido. Mas para ajudá-lo a descobrir como promover um funcionário, a StartSe conversou com alguns especialistas. Confira as dicas:

COMO PROMOVER UM FUNCIONÁRIO?


Comunicação
Ana Borges, psicóloga e sênior manager HR no Michael Page, consultoria especializada em recrutamento, diz que o primeiro passo é se comunicar com a equipe para não frustrá-la. "O líder precisa deixar claro quais são as expectativas dele em relação às competências comportamentais e as habilidades técnicas dos funcionários para ocupar aquela posição”, diz ela. 

A comunicação é importante também para não frustrar e não desmotivar o colaborador. “Quando a gente fala de uma estrutura que existe clareza do que precisa ser entregue, quais são os pontos fortes e os pontos a desenvolver, fica mais fácil gerenciar uma possível promoção”, diz Leonardo Berto, branch manager da consultoria de recursos humanos Robert Half.

Faça trilha de desenvolvimento
Com as expectativas alinhadas, o gestor deve combinar com o profissional uma trilha de desenvolvimento. “Deixe claro quais são os pontos que o colaborador precisa desenvolver para ocupar aquela posição”, afirma Ana. Por exemplo, “ele precisa desenvolver a capacidade verbal ou escrita? Aprender a lidar num ambiente sob pressão? Ou alguma formação técnica?”, afirma Berto.  

Acompanhe o que foi planejado
O indicador de desempenho é uma ótima ferramenta para avaliar o desempenho do funcionário — e o quão preparado ele está para ocupar o novo cargo. “Quando o líder precisa tomar a decisão de promover um colaborador, ele precisa se basear nos fatos e nos dados — e o indicador de performance é um ótimo aliado para isso. Pois, será possível, por exemplo, medir quais foram as entregas e os resultados trazidos”, afirma Berto. "Quanto mais próximo o funcionário estiver dos indicadores, mais potencial de promoção ele terá."

+ Aprenda em aula gratuita sobre como liderar à distância

Trabalho, home office, feliz (Foto: LumiNola via Getty Images)

COMO SABER SE O FUNCIONÁRIO ESTÁ PRONTO PARA ASSUMIR O NOVO CARGO

Se o profissional já tem as habilidades técnicas, é preciso analisar se ele tem as competências comportamentais. “Muitos líderes caem na armadilha de achar que por conta do profissional trazer resultados (ter uma competência excepcional tecnicamente), ele precisa ser promovido a um gestor. Não é bem assim. É preciso entender, primeiro, se o profissional tem boas competências comportamentais (veja no tópico abaixo) para executar a nova função”, diz Deibson Silva, CEO da plataforma de gestão de processo seletivo Goowit. “Além disso, analise se o colaborador está engajado com o propósito e a cultura da empresa.”

QUAIS SÃO AS SOFT SKILLS IDEAIS PARA SER PROMOVIDO

As soft skills são as habilidades comportamentais do profissional. “Elas são até mais importantes do que as habilidades técnicas”, diz Silva. Algumas são: 

Criatividade
A capacidade de criar ideias inovadoras. Seja para a criação de novos produtos ou para manter a fidelização dos clientes.

Conexão humana
Saber motivar as pessoas e mantê-las engajadas.

Inteligência emocional 
Saber administrar as emoções para lidar com diferentes situações e pessoas. “Afinal, só é possível entender o outro quando tem profundo entendimento da própria essência”, explica Silva.

Motivação
“O home office — impulsionado pela pandemia — mostrou o quanto as pessoas podem ter (ou não) autonomia na tomada de decisão e qual é o senso de responsabilidade delas", diz Ana. “Uma das competências mais requisitadas por aqui [no Michael Page] é se o funcionário faz apenas porque o chefe está pedindo ou porque é importante para ele." Portanto, avalie antes de promover o funcionário se ele está fazendo o job porque você está cobrando ou porque ele tem senso de responsabilidade. Se for a segunda opção, ele é um forte candidato para a promoção.

+ Aprenda: aula gratuita sobre como usar a criatividade para se reinventar

Thumbnail do vídeo

StartSe RH Revolution


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo