Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Americanas: a primeira eliminada do BBB; veja quem entra no lugar

Veja quem são as startups que vão marcar presença no maior reality show do Brasil

Americanas: a primeira eliminada do BBB; veja quem entra no lugar

Mercado Livre no BBB

, CEO e Founder da StartSe

5 min

12 jan 2023

Atualizado: 16 jan 2023

Sim, o nome das startups que vão patrocinar o BBB 23, da Globo, estão confirmados. São elas: Stone, QuintoAndar, Zé Delivery e Spotify. A maior conta é da Stone, que vai pagar R$ 101 milhões. 

Quem se deu bem foi a Globo, que bateu o recorde e arrecadou R$ 800 milhões em patrocínios. Essa edição será transmitida em 3 plataformas: TV aberta, TV por assinatura e Streaming. Aliás, esse é um dos motivos da atração de patrocinadores - startups ou não: a grande exposição em diferentes mídias. Afinal, a Globo é um ecossistema de mídia e não um simples canal de tv.

Vale sempre lembrar que a Globo também é investidora de várias startups. Dentre elas, o QuintoAndar e a Tom, uma solução da Stone, que oferece conta digital e outros serviços; e Petlove, fundada pelo Marcio Waldman, que é uma da principais empresas do mercado pet brasileiro.

PRIMEIRO ELIMINADO DO BBB


Depois do escândalo do "erro contábil" de R$ 20 bilhões e o anúncio de uma dívida de R$ 40 bilhões, a americanas s.a. recuou do patrocínio do Big Brother Brasil e não participará do programa.

A dureza da situação é que, no seu lugar, entrou o Mercado Livre, o "pesadelo" dos varejistas brasileiros. Mais do que uma troca de patrocinadores, essa substituição traz um simbolismo forte.

O Mercado Livre está avaliado hoje em R$ 280 bilhões. Seus principais concorrentes no país valem muito menos que isso. Veja, a título de comparação:

> Magazine Luiza: R$ 23 bilhões
> Via Varejo: R$ 3,7 bilhões
> americanas s.a.: R$ 2,8 bilhões

O valor da cota de patrocínio que era da americanas s.a. e que agora fica com o Mercado Livre é de cerca de R$ 105 milhões de reais, uma das maiores da edição de 2023 do reality show.

PS: a americanas s.a. é um grande player do varejo brasileiro e a torcida é para que a empresa consiga se recuperar desse episódio e saia mais forte.
 

 

 

 

 


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Fundador do StartSe, empresa de educação continuada com sede no Brasil e operações no Vale do Silício e na China. Empreendedor há mais de 10 anos, apaixonado por vendas e criação de produtos. Trabalha todos os dias para "provocar novos começos" através do compartilhamento de conhecimento.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo