Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Veja quais são as maiores tendências na América Latina para 2023

Na tentativa de prever o que vai rolar em 2023, Julia de Luca e Lucas Abreu chamaram 59 especialistas para fazerem suas previsões

Veja quais são as maiores tendências na América Latina para 2023

Fonte: Getty Images

, conteúdo exclusivo

5 min

21 dez 2022

Atualizado: 21 dez 2022

Fazer previsões é muito difícil, ainda mais sobre o futuro. E olha que Ariano Suassuna nem esteve por aqui para viver o ano de 2022 e suas bizarrices. A impressão é que tudo que podia dar de errado deu. Até guerra e ameaça de ataque nuclear rolou. Isso sem falar na inflação, juros altos e bolsas derretendo… Mas o que nos aguarde então em 2023?

Na tentativa de dar uma resposta para isso, a Julia de Luca, tech manager do Itaú BBA e autora da newsletter Weekly Tech Update, e o Lucas Abreu, da Astella e da Abreu Newsletter, chamaram 58 especialistas para prever a próxima grande tendência na América Latina em 25 setores como agricultura, inteligência artificial, cibersegurança, saúde e educação.

À lista se soma ainda a participação deste pitaqueiro de plantão, que fala sobre um movimento que tende a ganhar força no setor de mídia: a regulação de plataformas como Facebook, Google e Tik Tok.

THE NEXT BIG THING EM 2023

“O ano de 2022 foi um baita ano de ajuste para tecnologia como um todo. Depois de um 2021 de bonança veio 2022 e as coisas mudaram bastante praticamente em todos os setores. Foi um ano bem intenso- o que gera uma ansiedade sobre o ano que está por vir. O relatório é uma forma de consolidar as opiniões dos principais líderes da indústria para que todos tenham o norte do que esperar para o ano que chega”, diz Julia, ao Startups. Segundo ela, a ideia é transformar a lista, que está em sua 1ª edição, em uma publicação anual.     

Ela acrescenta que algumas tendências convergiram, como inteligência artificial e o poder de empreendedores que nascem locais e viram globais.

“O grande aprendizado é relembrar, que mesmo diante da neblina e de tanta instabilidade que uma região como a America Latina sofre, a tecnologia e startups são os principais drives de progresso. Independente do ciclo, tecnologia está evoluindo e continua a progredir. Convidar referências de diferentes expertises, de investidores a empreendedores do early/late stage nos mostra o quanto há revoluções acontecendo em cada setor da sociedade”, avalia Lucas Abreu.

A lista completa está disponível nos blogs da Julia e do Lucas. O PDF também pode ser baixado neste link.


ALGUNS PITACOS

“A próxima grande tendência é o fato de que os temas de sustentabilidade e rastreabilidade continuarão prosperando em 2023, impulsionados por consumidores mais conscientes com o meio ambiente e regulamentações internacionais mais rígidas.

Além disso, com a crescente incerteza sobre a demanda de commodities e o aumento dos custos de financiamento em comparação com os anos anteriores, é esperado que os agricultores priorizem a lucratividade e a eficiência ao longo do ano”.

Antonio Moreira Salles, Co-Founder e General Partner na Mandi Ventures

“A próxima grande tendência em 2023 são os criadores, grandes e pequenos, começando suas próprias empresas e disruptando as principais indústrias de consumo por meio de um crescimento explosivo com custos de aquisição de clientes quase zero.

Consumidores querem recomendações de pessoas reais, ao mesmo tempo em que desejam consumir profundamente conteúdo online autêntico. Portanto, as empresas lideradas por criadores não são apenas mais uma coisa para se entusiasmar – é a evolução do comércio e uma mudança monumental no comportamento de compra do consumidor”.

Rapha Avellar, Founder & CEO Brandlovrs

“A próxima grande tendência é que as melhores empresas de late stage devem levantar recursos através de conversíveis que serão acionados no preço do IPO + um retorno preferencial. Isso evita a necessidade de precificá-las durante períodos de incerteza elevada.

O valuation em rodadas Série B+ cairão drasticamente vs 2021, conforme investidores precificarem startups pensando em múltiplos de saída mais baixos com base nos earnings ou no EBITDA, em vez de um múltiplo de receita”.

Paulo Passoni, Investidor em Garden Leave

“A próxima grande tendência na América Latina em 2023 será uma consolidação por parte de empresas. Do México ao Uruguai, os bancos centrais de toda a região implementaram um aperto monetário agressivo em 2022, e alguns podem continuar a apertar em 2023. Dado o espaço limitado para compensações fiscais e uma desaceleração da economia global (estamos vendo um aperto nos EUA e na Europa também), o crescimento do PIB LATAM provavelmente desacelerará substancialmente.

O ambiente de crescimento muito mais lento somado às taxas de juros e custos de financiamento consideravelmente mais altos inevitavelmente impactarão empresas mais fracas com mais força, tornando-as alvos de aquisição. Em alguns casos específicos, em que os incumbentes são fracos demais para reagir, os novos entrantes, livres de pesadas dívidas, devem ser capazes de ganhar participação de mercado de forma significativa.

Será um ano difícil e darwiniano para as empresas latino-americanas”.

Mario Mesquita, Economista-chefe do Itaú Unibanco

“A próxima grande tendência em 2023 é a regulação das atividades de empresas como Facebook, Google, Twitter e Tik Tok.

Dois fatores principais vão contribuir para que o assunto ganhe relevância: com nova ferramentas de inteligência artificial como DALL-E e GPT-3 permitindo a criação de textos e imagens de forma automática (além da proximidade da campanha à presidência nos EUA), o combate à desinformação e à propagação de notícias falsas ganhará novos contornos.

Outro aspecto é a necessidade de governos ao redor do mundo de gerarem novas fontes de receita para compensar a desaceleração da economia com a recessão que se aproxima”.

Gustavo Brigatto, Founder e CEO Startups

(Por Gustavo Brigatto, publicado originalmente em Startups.com.br)


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

O mais conceituado portal sobre startups do Brasil. Veja mais em www.startups.com.br.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo