Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Adeus iFood 🇨🇴

iFood fecha operação na Colômbia. Mas tudo indica que foi por um bom motivo.

Adeus iFood 🇨🇴

, Redator

6 min

•

24 out 2022

•

Atualizado: 4 jan 2023

Por Marcelo Pimenta – Sócio e Head of Growth da StartSe

O iFood, uma das maiores unicórnios brasileiras, está encerrando suas operações na Colômbia.

O país era a maior aposta da companhia para começar sua escala internacional com o pé-direito, em meados de 2016.

Agora, parece que o que seria "o pé-direito" terminou com uma luxação que enfraquece a empresa, avaliada em 5,4 bilhões de dólares, no mercado internacional.

Tiago Luiz, CEO do iFood Colômbia, por outro lado, deu uma resposta interessante e uma lição valiosa para empresas que precisam escalar suas operações com lucratividade.

"Como diretriz estratégica, somos chamados a buscar a rentabilidade do negócio em breve, entendendo que isso garantirá sua sustentabilidade."

"[...] Isso significa, desde o início, que o dinheiro que temos não será para 'queimar', mas para aprofundar nossos investimentos e esforços onde sabemos que há potencial para todo o setor crescer.

Eles vão continuar no Brasil com força total, que se mostrou, por enquanto, o mercado com maior potencial de crescimento da companhia.

Uma lição importante de crescimento é: jogue a bola onde não há jogadores (espaço branco), mas saia de campo se você tiver certeza de que não ganhará o jogo.

Vale lembrar que a principal concorrente do iFood, a Rappi, é colombiana, com uma adesão de mercado e market-share muito maiores.

Muitas vezes, para sua empresa crescer com velocidade, é preciso escolhas difíceis. E se livrar de mercados e "apostas" que não estão trazendo o lucro esperado é uma delas.

(Continua abaixo 👇…)

Quais estratégias iFood e outras empresas usam para continuar crescendo com a concorrência e disputa por clientes cada vez mais difíceis?

Para crescer diante de tantas concorrentes novas, é preciso um plano que seja fácil de implementar e que integre seu time de marketing e vendas – ao mesmo tempo. Confira aqui os dois melhores modelos para empresas da atualidade e como implementá-los com ajuda internacional – que você nunca imaginou ter acesso no Brasil.

(Continuação)

Agora, o que isso tem a ver com o seu negócio?

Muitas empresas buscam novas fontes e mercados para escalar seus negócios, mas acabam se deparando com imprevistos difíceis de lidar.

O iFood pode ter achado que o mercado colombiano teria rápida adesão ao serviço, como foi no mercado brasileiro.

Eles podem não ter previsto o real potencial da Rappi, sua grande concorrente, que se provou forte e não perdeu seu posto.

De qualquer forma, acredito que essa "derrota temporária" do iFood só lhe dará mais força para focar no que importa (escala e receita)...

Fato é: quando se tem um plano claro de escala para o seu negócio, pequenas derrotas são estratégicas; mas sem um plano, essa derrota pode ser o fim da linha para muitas empresas.

Se você quer ter certeza de que o seu plano de marketing e vendas são suficientes para sustentar seu crescimento…

E quer ter um plano B, C e D na manga, para enfrentar imprevistos maiores – sem prejudicar o seu caixa ou ter que "queimar dinheiro" à toa…

>> Recomendo que você veja aqui duas estratégias validadas para aumentar sua carteira de clientes, com vendas e lucro previsíveis.

O iFood, a própria StartSe e outras empresas admiráveis do mercado usam ambas estratégias há muito tempo, e os resultados que elas geram só confirmam uma coisa: ambas estratégias funcionam muito bem para qualquer tamanho de empresa.

Recomendo que você dê uma olhada nelas e comece a usá-las quanto antes na sua operação.

Seu lucro nos próximos 12 meses agradece.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo