Cultura organizacional: como aplicar em seu negócio e porque

João Gobira

Por João Gobira

30 de março de 2020 às 20:44 - Atualizado há 8 meses

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Apesar de parecer subjetiva, a cultura organizacional gera resultados financeiros reais para uma organização. 

Um levantamento da LRN indica que dois terços das empresas consideradas de ‘alta performance’ são aquelas que são baseadas em propósito.

Além disso, em 70% delas, o propósito ajudou a viabilizar novos negócios e até conseguir mais valor em suas ações na bolsa.

Ou seja, existe uma relação direta entre a cultura baseada em propósito e o desempenho dentro das empresas e startups. Há quem diga que a cultura deve ter mais prioridade até mesmo sobre a performance. 

Isso acontece porque, quando a cultura organizacional é bem estruturada dentro da empresa, é capaz de engajar os colaboradores e motivá-los a se desenvolver mais, influenciando diretamente sua produtividade.

Além disso, ao construir sua cultura organizacional baseada em um propósito, sua startup passa a ter um guia fundamentado para posicionar produtos e serviços diante do mercado consumidor.

O propósito da Apple, por exemplo, é oferecer produtos inovadores, que facilitam a vida de seus consumidores e não apenas fabricar celulares e computadores.

Já o Airbnb nasceu para conectar pessoas a lugares que amam de forma mais humana e assim por diante.

Ao alinhar a cultura de propósito com as expectativas da Nova Economia e as necessidades do seu público você criará o seu diferencial e fortalecerá a sua empresa diante da concorrência.

Mas é importante saber que, para construir os valores de uma cultura organizacional saudável e bem-sucedida, a startup deve criar seus valores de forma colaborativa, com a participação de todas as equipes.

É claro que todo mundo deseja ter um ambiente agradável e produtivo de trabalho, mas é importante aceitar que benefícios pontuais como puffs e vídeo-game não garantem uma cultura organizacional sólida.

É preciso entender o que motiva as pessoas e como elas valorizam o trabalho. Afinal, se as pessoas da sua organização não estiverem alinhadas à sua cultura jamais conseguirão transmitir a mensagem de valor adequada para os seus clientes.

E como e por que aplicar a cultura organizacional em seu negócio? Continue lendo este post!

Conheça a Formação Executiva Sociedade e Cultura For Business

O que é cultura organizacional?

O que é o engajamento de equipes?

Cultura significa conjunto de crenças, atitudes, leis, conhecimentos e habilidades que pertencem a um grupo da mesma sociedade.

No mundo corporativo não é diferente. De forma resumida podemos dizer que a cultura organizacional o que é a sua empresa e porque ela existe. 

Os valores compartilhados pelas pessoas da sua empresa, seus hábitos e costumes, a maneira como se comunicam e como trabalham, formam a sua cultura organizacional.

É importante ressaltar que a cultura organizacional não é aquilo que você idealiza e sim aquilo que as pessoas praticam no dia a dia. 

A cultura tem mais a ver com atitudes básicas e relacionamentos humanos do que a impressão que o próprio empreendedor tem sobre a sua startup.

Valores que as empresas procuram incorporar às suas culturas

  • Responsabilidade social
  • Integridade Ética
  • Comunicação
  • Foco no cliente
  • Colaboração
  • Inovação
  • Segurança
  • Foco no resultado
  • Transparência

Porque aplicar a Cultura Organizacional na sua startup

Implementar a Cultura Organizacional trará inúmeros benefícios à sua startup. A cultura organizacional cria propósito e dá sentido ao trabalho, motivando e gerando engajamento entre os times.

A Cultura Organizacional baseada em propósito também é importante para o resultado de uma empresa, pois mantém os objetivos e expectativas de todos alinhados, reduzindo os ruídos da comunicação interna.

Menos ruído, menos falhas operacionais e mais decisões orientadas e acertadas os colaboradores tomarão.

Isso influencia de forma positiva a forma como os times criam novos produtos e falam com os clientes, contribuindo para que a reputação e posicionamento da empresa e promovendo um círculo virtuoso.

Como aplicar a cultura organizacional ao seu negócio

Agora que você já sabe a importância e o porquê aplicar a cultura organizacional a sua empresa, fica a pergunta: ‘como criar e aplicar a cultura organizacional’?

Calma, você não precisa começar tudo do zero e sozinho(a). Pergunte às pessoas que conhecem a sua empresa (sua equipe e clientes) como elas enxergam a sua empresa e peça para elas explicarem o que a sua empresa faz.

A partir das respostas você já tem um bom ponto de partida.

Crie um propósito para sua empresa

O propósito é a alma da sua empresa. Estudos indicam que empresas orientadas por um propósito bem definido alcançam resultados até 10 vezes maiores, além de serem mais capazes de fidelizar clientes.

Em meio a crises e mudanças frequentes no cenário econômico e mercadológico, o propósito é o alicerce que qualquer empresa precisa para se manter de pé.

Para começar a criar um propósito para sua empresa, revise a proposta de valor registrada no seu Business Canvas Model e faça pesquisas internas e com clientes.

Outra dica é prestar atenção à contratação de novos talentos. Escolher a dedo os profissionais que possuem ‘fit cultural’ com a sua empresa é fundamental para diminuir os riscos de não se adaptarem e acabarem saindo prematuramente da sua empresa.

Quanto mais pessoas alinhadas à visão da sua empresa, mais coesa e homogênea será a sua cultura organizacional.

Confira outras estatísticas sobre o impacto da Cultura Organizacional nas empresas:

– Os funcionários ficam 3x mais propensos a permanecer na empresa

– São 1,7x mais satisfeitos com o próprio trabalho

– Geram 10x mais retorno financeiro aos acionistas

– Possuem um desempenho 120% maior em relação a funcionários desengajados

– 89% dos consumidores acreditam que empresas com propósito possuem produtos melhores

– 72% deles recomendariam empresas com propósitos claros em seus círculos sociais

Promova a confiança entre a sua equipe

Teoria dos sistemas sociotécnicos (1949)

Você sabia que a confiança funciona como uma alavanca para a performance de equipes? 

Segundo um estudo realizado pelo neurocientista Paul Zak, a confiança gera ocitocina (“hormônio da felicidade”) no cérebro, fazendo com que as pessoas interajam de forma mais agradável umas com as outras. 

Assim ao confiarem uns nos outros, os colaboradores também estão mais abertos ao diálogo, aos feedbacks e também estão mais propícios a desenvolverem empatia e generosidade em sua rotina de trabalho.

Promover a confiança entre líderes, colaboradores e equipes é um passo importante para que a sua Cultura Organizacional seja bem-sucedida. 

Treine os líderes

Preparar líderes que inspiram confiança e respeito de suas equipes é um investimento que contribui diretamente para manter a cultura organizacional saudável. 

Importante dizer que ninguém nasce sabendo como ser um bom líder, e mesmo líderes historicamente bem-sucedidos já confessaram que esta é uma posição complicada e que exige aprendizado contínuo.

Por isso, investir em treinamentos que ensinem habilidades de liderança é a chave para formar líderes de sucesso.

Incentive os gerentes, coordenadores e demais líderes a estudarem mais sobre inteligência emocional, metodologias ágeis, gestão de pessoas e cultura de inovação. Estas formações os ajudarão a desenvolver:

  • Autoconfiança
  • Empatia
  • Comunicação não-violenta
  • Humildade
  • Cultura do feedback construtivo
  • Perserverança
  • Criatividade
  • Resiliência
  • Autocontrole
  • Autocrítica
  • Pensamento crítico
  • Equilíbrio
  • Justiça
  • Percepção
  • Responsabilidade
  • Capacidade de assumir riscos

Conheça os Programas de Educação Executiva da Startse

Crie canais de comunicação interna eficientes

Gestão de time

A comunicação clara e objetiva é a chave para alinhar expectativas entre as pessoas. E a falta de comunicação é um dos principais problemas enfrentados na cultura organizacional das empresas.

Dados recentes mostram ainda que oitenta por cento de colaboradores de empresas nos EUA acham que falhas na comunicação dentro da empresa contribuem para o estresse causado pelo trabalho. 

Entre os elementos mais prejudiciais estão o uso incorreto de ferramentas de comunicação (58%), a falta de informes por parte da empresa (43%) e a dificuldade de encontrar a informação necessária para a realização de tarefas.

Por isso, se você quer criar uma cultura organizacional sólida deve se preocupar em documentar o que acontece na empresa, além de utilizar estratégias e canais de comunicação interna eficientes no dia a dia.

Promova alinhamentos periódicos entre equipes

coliving

coliving

Muitas causas de falha na comunicação podem ser resolvidas com as reuniões periódicas de alinhamento entre equipes.

Para serem eficientes, estas reuniões devem ter um objetivo claro, como responder perguntas do tipo: Como está o andamento de uma tarefa?

Por que um determinado projeto não deu certo?

Houve alguma mudança importante na equipe?

Um novo problema apareceu, qual é o procedimento para resolvê-lo? 

Além de definir os processos para ajudar as pessoas a otimizarem suas tarefas diárias, é importante reforçar cada um deles sempre que surgir a oportunidade.

Comunicar de forma clara e repetida sobre metas, objetivos e direcionamentos nunca é demais.

Equipes que só se falam por e-mail e não conhecem os objetivos umas das outras fatalmente sofrerão com falta de alinhamento.

Vale a pena realizar reuniões diárias rápidas ou semanais, quinzenais e mensais (um pouco mais demoradas).

O que os líderes precisam para construir as empresas do século XXI?

Acredite no “Liberdade com responsabilidade”

O maior inimigo da criatividade com certeza é a burocracia e a falta de autonomia é o primeiro passo para ‘engessar’ processos e atrasar as entregas do time.

Assim como a confiança gera um ambiente de trabalho saudável, a liberdade também colabora para que os colaboradores possam desempenhar suas funções livremente e sem que nenhuma ‘pressão’ possa atrapalhar seu processo criativo.

É claro que toda liberdade deve ser acompanhada do senso de responsabilidade.

Por isso, procure sempre contextualizar muito bem a importância de uma meta ou objetivo para a sua empresa e deixar bem claro quais são as expectativas em cada projeto.

Reconheça seus talentos

Reconhecer talentos, dando a eles a recompensa que merecem também contribui para fortalecer a sua Cultura Organizacional. 

Aliás, a falta de reconhecimento é um dos principais motivos para que talentos deixem uma empresa. Colaboradores que dão o máximo de si naturalmente esperam algum tipo de reconhecimento, do contrário se frustrarão e ficarão desmotivados.

E aqui vale reforçar que nem sempre o reconhecimento está relacionado ao aumento salarial. Muitas vezes dar um feedback positivo, que o faça se sentir valorizado já é um grande começo.

Você também pode promover programas de incentivo com base nas sugestões dos próprios colaboradores, celebrar pequenas conquistas no dia a dia, organizar mini-eventos e comemorações ou simplesmente registrar sua satisfação com um resultado por e-mail ou de forma mais pessoal.

Com uma Cultura Organizacional sólida com certeza você levará sua empresa ou startup ao próximo nível.