Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Volkswagen vai mudar de nome para Voltswagen?

A resposta é não. Foi um golpe de marketing feito antes do Dia da Mentira. Mas a brincadeira tem fundo de coisa séria...

Volkswagen vai mudar de nome para Voltswagen?

Logo da Voltswagen (Foto: Reprodução)

A Volkswagen of America chegou a anunciar nesta terça-feira que a empresa se chamaria como Voltswagen of America para sua reforçar sua presença na era de carros elétricos. A notícia rapidamente se espalhou, mas um porta-voz da empresa na Alemanha disse ao The Wall Street Journal que a novidade era, na verdade, uma piada. Trata-se de um golpe de marketing feito alguns dias antes do Dia da Mentira.

O comunicado tinha até a explicação do Scott Keogh, presidente-executivo da Voltswagen of America:

"Podemos estar trocando um K pelo T, mas o que não estamos mudando é o compromisso da marca em fazer os melhores veículos para motoristas e pessoas de todos os lugares", escreveu o executivo. “Dissemos, desde o início de nossa mudança para um futuro elétrico, que construiremos VEs para milhões, não apenas para milionários. Esta mudança de nome significa um aceno ao nosso passado como o carro do povo e nossa firme convicção de que nosso futuro será ser o carro elétrico do povo”, completou o executivo. 

As redes sociais da empresa também promoveram a mentira. 

Volkswagen id.4 (foto: Divulgação/Volkswagen)

Será que a brincadeira foi bem vista?

A brincadeira surge em meio ao crescimento da Tesla. Somente no ano passado, a montadora foi responsável por 79,4% das vendas de veículos elétricos nos Estados Unidos. Um dos modelos mais vendidos foi o Tesla Model 3, com cerca de 95 mil unidades. A companhia também foi eleita a montadora mais valiosa do mundo. Além disso, em 2020 — na contramão da crise causada pelo coronavírus — o mercado de veículos elétricos cresceu. Foi o ano que mais vendeu veículos elétricos na história, com o total de 2,3 milhões de carros (e não é mentira). 

A Volkswagen, por sua vez, investiu recentemente US$ 86 bilhões em veículos elétricos porque quer ser conhecida como líder no mercado — e bater de frente com a Tesla. A brincadeira da mudança de nome seria, então, uma boa estratégia de marketing? Será que brincar com algo que vai deixar a marca muito exposta não prejudicaria a companhia? Já que Tesla, por exemplo, não precisa de golpe de marketing para provar que é comprometida com o mercado de elétricos. Vamos acompanhar as próximas cenas dessa história. 


Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo