Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Uma experiência memorável: veja como o Rock in Rio continua inovando

Confira as estratégias do festival para se manter inesquecível

Uma experiência memorável: veja como o Rock in Rio continua inovando

Rock in Rio (Divulgação 2019)

, Repórter

5 min

7 set 2022

Atualizado: 16 nov 2022

Por Ana Julia Guimarães 

O festival, nascido em 1985, tinha o objetivo de trazer grandes estrelas da música internacional que não costumavam vir até a América do Sul. E conseguiu! Logo no início, seu palco já contava com um terreno de aproximadamente 250 mil metros quadrados com o maior palco já construído até então no país. 

Conforme os artistas foram chegando até aqui, o Rock In Rio foi ganhando fama. No evento, o público via uma grande oportunidade de conhecer seus ídolos. Mas isso não foi o que manteve o festival de pé - e engajando tantas pessoas até hoje. 

Os idealizadores do evento criaram visões empreendedoras que fortaleceram a experiência do público. Entre elas: um espaço único e inesquecível. Isso significa que, além de entregar a sua proposta de valor - com os shows mais esperados do ano, a ideia é levar objetos, alimentos e cenários que tornem o momento memorável. 

Veja abaixo as novidades de 2022.

Rock in Rio no Metaverso

Chamado de Rock in Verse, o projeto - criado pela agência A-LAB, o game foi construído dentro de uma ilha do jogo Fortnite. 

Através de espaços interativos do Rock in Verse inspirados em atrações da edição deste ano do festival com elementos históricos, o público se divertiu: eles puderam tocar guitarra com a dupla de DJs Cat Dealers e participar de questionários interativos. 

Além disso, no "Orbital Spinning", era possível se encontrar com pessoas e brincar em um globo sem gravidade, em que os avatares podiam flutuar aleatoriamente.

Cão-robô e reconhecimento facial

Capaz de reconhecer eventos suspeitos, o Yellow - apelidado de cão-robô, garantiu a segurança do espaço - e se tornou uma celebridade. 

Criado pela empresa Boston Dynamics, o cão foi equipado com a plataforma de inteligência artificial GenzAI, que o torna capaz de fazer rondas, para analisar o ambiente e alertar os agentes de monitoramento sobre irregularidades no evento.

5G no festival 

Foi o primeiro teste da tecnologia em um evento grande. Com a parceria da TIM, a Cidade do Rock estava conectada através da transmissão de dados 5G. 

Com 25 antenas de transmissão, foi possível garantir todos os vídeos, stories e fotos inesquecíveis ao público. 

Por que importa? 

As inovações do festival foram cruciais para garantir a fidelização do público e tornar a experiência ainda mais individualizada. Isso faz com que o público se lembre, além dos seus ídolos, de toda a estrutura que o festival proporcionou. 

E mais, com a estratégia de ter colocado o 5G no local, o conteúdo foi altamente compartilhado. Algo que impulsiona o Rock in Rio ainda para mais lugares do globo e eleva as chances de parcerias com marcas de grande porte. 


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista. Possui experiência no mercado financeiro, social media e customer experience. Passou pela XP Inc.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo