Sobre Nós
Para Você
Para Empresas
Conteúdos

NOVO

Eventos
Comunidades
Tools
Parcerias

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Comunidades

Amplie seu networking, encontre parceiros de negócios e discuta as maiores tendências e inovações com a alta liderança do mercado


The Last Of Us e o segredo do sucesso sustentável da HBO Max

A HBO Max decidiu apostar em uma estratégia de lançamento diferente da Netflix -- e está mudando o mercado de streaming

The Last Of Us e o segredo do sucesso sustentável da HBO Max

, jornalista da StartSe

4 min

31 jan 2023

Atualizado: 19 mai 2023

Dragões e conflitos familiares, bilionários curtindo as férias em hotéis luxuosos e pessoas virando zumbis por conta da mutação de um fungo: o que tudo isso tem em comum? Os três temas são assuntos de séries fictícias lançadas aos domingos, no HBO Max, streaming da HBO.

Semanalmente, aos domingos, 23h, House of The Dragon e The White Lotus figuraram os assuntos mais comentados do Twitter (e da internet em geral). Memes e pequenos clipes em vídeos também eram compartilhados pelos usuários. Agora, o caso se repete com The Last of Us.

Essa é a receita da HBO: o lançamento de uma super produção, com um episódio por semana, em um horário fixo – seja no streaming ou no canal de TV. Os três títulos citados possuem esses ingredientes e hoje são sucessos da companhia. O mais recente, The Last Of Us – uma história adaptada do jogo de videogame homônimo –, já soma mais de 22 milhões de visualizações no primeiro episódio e o índice de aprovação de 97% no Rotten Tomatoes. 

A segunda temporada já está confirmada e não é por acaso: The Last Of Us possui a segunda maior audiência em uma estreia na HBO (4,7 milhões), atrás apenas de A Casa do Dragão (9,98 milhões).

 

O impacto nas vendas

O jogo que originou a série foi lançado há dez anos. Agora, com a obra estrelada por Pedro Pascal e Bella Ramsey (que também participaram de “Game of Thrones”, da HBO), as vendas estão crescendo novamente. Segundo a GFK UK, o aumento foi de 322% para a versão no PlayStation 4.

Já no “The Last of Us Parte 1” – um remake feito para suprir a qualidade gráfica do PlayStation 5 –, o aumento foi de 238% no Reino Unido.

 

HBO x Netflix

Netflix (Fonte: Divulgação)

Desculpem-me os maratonistas de séries, mas lançar um episódio por semana, ao invés de todos de uma vez, causa mais ansiedade e desejo dos espectadores. Também incentiva que grande parte assista junto, “ao vivo”, causando os fenômenos nas redes sociais.

Mas, da perspectiva do negócio, o impacto vai além: garante que o usuário continue assinando a mensalidade do streaming mês após mês. Sim, o método pode vir direto da TV à cabo, quando os streamings ainda não eram uma escolha possível, mas está combatendo um problema que a Netflix, precursora do streaming, está enfrentando.

Em 2022, a gigante do streaming patinou em número de usuários: ela não atingia a meta esperada pelo mercado e estava perdendo os já existentes. O jogo virou no fim do ano, quando atingiu 7,7 assinantes, embora estimasse 4,5 milhões de pessoas. Isso não significa que ele está ganho, no entanto: o streaming está testando uma assinatura mais barata (mas com propagandas) e encerrar o compartilhamento de senhas.


Mudança de estratégia

Quais são as métricas que tornam uma série ou filme um sucesso? Agora, vamos entrar no mundo dos sonhos e falar de outra série: Sandman, da Netflix, inspirada na história em quadrinhos de Neil Gaiman. Embora a obra tenha ranqueado em primeiro nas mais assistidas na plataforma após o lançamento, o autor ainda estava inseguro de sua renovação para a segunda temporada.

“Sandman é uma série bem cara [de se produzir]. E para a Netflix liberar o dinheiro para fazer outra temporada, nós temos que performar incrivelmente bem. Então, sim, nós fomos a TOP série no mundo nas últimas duas semanas. E isso pode não ser o suficiente”, Gaiman respondeu a um telespectador no Twitter.

Agora, a Netflix está adotando uma estratégia nem lá, nem cá. Em “Casamento às Cegas Brasil 2”, que causou furor nas redes sociais no país, o streaming decidiu lançar cerca de três episódios por semana, incentivando o retorno dos usuários nas semanas seguintes. A exceção é o episódio de reencontro entre os participantes: neste caso, o intervalo foi de duas semanas.

Por que importa?

A Netflix foi a precursora do streaming e segue liderando o pódio. No entanto, o resultado da mudança da HBO na estratégia de lançamento ressalta a importância de olhar além do horizonte e buscar novas estratégias sempre, mesmo quando parecer que a fórmula já está testada e comprovada.

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero. Apresenta o podcast Agora em 10 na StartSe e também atua na área de Comunidades na empresa. É especialista em inovação, tecnologia e negócios.

Leia o próximo artigo