Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Tembici e Itaú renovam parceira e querem ampliar projeto das bikes compartilhadas; entenda

Tembici e o Itaú Unibanco, anunciaram a renovação da parceria firmada em 2012 com o projeto Bike Itaú

Tembici e Itaú renovam parceira e querem ampliar projeto das bikes compartilhadas; entenda

Bike Itaú (Divulgação/Tembici)

, conteúdo exclusivo

4 min

22 set 2022

Atualizado: 4 jan 2023

Conteúdo exclusivo Startups 

A Tembici, startup de aluguel de bicicletas compartilhadas, e o Itaú Unibanco, anunciaram nesta quinta-feira (22) a renovação da parceria firmada em 2012 com o projeto Bike Itaú — das bikes laranjas —  por mais uma década. 

A expectativa é de que mais de 20 mil bicicletas estejam disponíveis nos próximos 10 anos, ampliando em 50% o número de bikes no sistema na América Latina, tanto nas 10 cidades em que já opera pelo Brasil, Chile e Argentina, como em novos países, como Colômbia (a partir de 30 de setembro).

Nada mais justo dar continuidade a uma parceria que acumula resultados expressivos: na última década, o uso de bicicletas compartilhadas teve um aumento de mais de 400%. Já foram registradas mais de 71 milhões de viagens realizadas e 440 milhões de quilômetros rodados com as bikes laranjas, o equivalente a 15 mil voltas ao mundo.

“Já está mais que provado o poder de transformação e potencial do nosso negócio, tanto para nossos patrocinadores, como para investidores, e também para a sociedade. Nos próximos 10 anos, agora com o sistema consolidado, iremos expandir nossa operação e continuar investindo em um sistema democrático e sustentável”, destaca Tomás Martins, CEO da Tembici, em nota.

Eletrificação da mobilidade 

Há exato 1 ano, a Tembici fechou uma captação de recursos que somou R$ 420 milhões e que contou com um pedaço de equity, liderado pela gestora Crescera Capital, e outro de captação de dívida com selo verde. A parcela de crédito foi de R$ 29 milhões em linhas obtidas com o Itaú e o Santander e está atrelada a critérios de impacto. 

Além de financiar o plano de expansão dos serviços da startup, os recursos da série C foram usados na ampliação das equipes de tecnologia, produto e dados, além da consolidação das bicicletas elétricas, que chegaram recentemente ao Rio de Janeiro e São Paulo. As e-bikes já fizeram cerca de 2 milhões de viagens nas duas capitais.

Outra vertente de crescimento anunciada pela Tembici na época do aporte seria o uso das bicicletas para entregas, uma modalidade que se consolidou durante a pandemia e que, por conta do crescimento registrado, pode até se tornar uma atividade separada dentro da companhia.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

O mais conceituado portal sobre startups do Brasil. Veja mais em www.startups.com.br.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo