Sou Aluno
Formações
Imersões
Eventos
Tools
Artigos
Sobre Nós
Para Empresas

Por que Pequim ultrapassou Nova York no ranking dos mais bilionários?

Pela primeira vez, a capital chinesa ultrapassou Nova York no ranking de bilionários da Forbes; os bilionários da tecnologia marcam presença; o Brasil eleva a lista e traz novatos como David Vélez, fundador do Nubank e Guilherme Benchimol, um dos fundadores da XP.

Por que Pequim ultrapassou Nova York no ranking dos mais bilionários?

Pequim, China (Foto: AerialPerspective Works via Getty Images)

, jornalista

8 min

7 abr 2021

Atualizado: 8 ago 2023

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!

Por Sabrina Bezerra

A revista norte-americana Forbes divulga anualmente o ranking dos empresários mais bilionários do mundo. A lista é enorme. Neste ano, apesar da pandemia, o número de bilionários (em todo o mundo) bateu recorde: ao todo, eles valem US$ 13,1 trilhões, acima dos US$ 8 trilhões da lista de 2020. Segundo a estimativa da revista, o mundo tem um novo bilionário a cada 17 horas. Mas um feito inédito: Pequim ultrapassou Nova York no ranking. A capital chinesa ganhou 33 bilionários, aumentando o total para 100 — um a mais que os 99 de Nova York. Em termos de população total, a cidade de Nova York tem cerca de 40% do tamanho de Pequim. 

O mais bilionário da capital da China é Zhang Yiming, fundador da ByteDance, holding do TikTok, com fortuna avaliada em US$ 35,6 bilhões. Na cidade de Nova York, o ex-prefeito Michael Bloomberg é o mais rico, com um patrimônio líquido de US$ 59 bilhões.

Por outro lado, os Estados Unidos têm as pessoas mais bilionárias de todo o mundo. A China, por sua vez, tem aumentado mais bilionários do que qualquer outro país. Vale lembrar que o PIB da China aumentou 2,3% em 2020 em relação ao ano anterior. Embora tenha sido o menor em 44 anos, o país — que tem o título de 2ª maior economia do mundo — conseguiu crescer em um ano marcado pela pandemia. Com esse avanço ano a ano da China, será que a tendência é o país ser marcado por mais bilionários nas próximas listas? Vamos acompanhar.

Jeff Bezos (foto: Getty)

OS BILIONÁRIOS DA TECNOLOGIA CHINA X ESTADOS UNIDOS

Mas não para por aí. A China e os Estados unidos são os países que mais têm bilionários da tecnologia. Estados Unidos com 10 e China com 9. Em primeiro lugar do ranking está Jeff Bezos, fundador da Amazon, com fortuna de US$ 177 bilhões; em segundo, Bill Gates, com patrimônio líquido avaliado em US$ 124 milhões; e o terceiro lugar é ocupado por Marc Zuckerberg, com US$ 97 bilhões. Quando o assunto é bilionários da tecnologia da China, Ma Huateng ocupa o oitavo lugar da lista, com fortuna avaliada em US$ 65,8 bilhões; Colin Zheng Huang, com US$ 55,3 bilhões; e em 11º Jack Ma, com US$ 48,4 bilhões.

BRASILEIROS BILIONÁRIOS

20 brasileiros entraram para a lista de bilionários da Forbes. Ao todo, os bilionários do país somam um patrimônio de US$ 219 bilhões comparado com US$ 121 bilhões no ano passado. Desta vez, a revista não considerou a nacionalidade dos bilionários, mas sim o país de domicílio. Por causa disso, Jorge Paulo Lemann e Eduardo Saverin não estão na lista do Brasil. Mas vamos considerá-los (como a publicação da marca no Brasil fez), né? No Brasil, também teve uma novidade: David Vélez, fundador do Nubank, entrou para a lista, com fortuna avaliada em US$ 5,2 bilhões; Guilherme Benchimol, um dos fundadores da XP também ganhou o título, com fortuna avaliada em US$ 2,6 bilhões e empata com Abilio de Santos Diniz – veterano na lista. 

 Confira abaixo os dez brasileiros bilionários que estão no ranking:

  • Jorge Paulo Lemann e família
    Fortuna: US$ 16,9 bilhões
    Ranking global: 114º lugar
     
  • Eduardo Saverin
    Fortuna: US$ 14,6 bilhões
    Ranking global: 140º lugar
     
  • Marcel Herrmann Telles
    Fortuna: US$ 11,5 bilhões
    Ranking global: 191º lugar
     
  • Jorge Moll Filho e família
    Fortuna: US$ 11,3 bilhões
    Ranking global: 194º lugar 
     
  • Carlos Alberto Sicupira e família
    Fortuna: US$ 8,7 bilhões
    Ranking global: 274º
     
  • Vicky Safra
    Fortuna: US$ 7,4 bilhões
    Ranking global: 339º lugar
     
  • Família Safra (Jacob, David, Alberto e Esther Safra)
    Fortuna: US$ 7,1 bilhões
    Ranking global: 358º lugar
     
  •  Alexandre Behring
    Fortuna: US$ 7 bilhões
    Ranking global: 369º
     
  • Dulce Pugliese de Godoy Bueno
    Fortuna: US$ 6 bilhões
    Ranking global: 451º
     
  • Alceu Elias Feldmann
    Fortuna: US$ 5,4 bilhões
    Ranking global: 520º

Entenda como está sendo traçado o Futuro do Dinheiro e a Revolução Digital dos Pagamentos no INNOVATION PAY, evento gratuito da StartSe que será realizado nos dias 6, 7 e 8 de abril, das 17h às 20h. Inscreva-se aqui e aprenda com as maiores referências do Brasil e do mundo!

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Sabrina Bezerra é jornalista especializada em carreira e empreendedorismo. Tem experiência há mais de cinco anos em Nova Economia. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Leia o próximo artigo

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!