Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Por que o Nubank fechou capital no Brasil?

Menos de 10 meses depois de fazer um IPO duplo na NYSE e na B3, o Nubank decidiu seu status na bolsa brasileira Brasil e manter o capital aberto apenas na bolsa de Nova York

Por que o Nubank fechou capital no Brasil?

(Foto: Divulgação Nubank)

, conteúdo exclusivo

5 min

16 set 2022

Atualizado: 4 jan 2023

Conteúdo exclusivo Startups 

A notícia foi dada pela empresa por meio de um fato relevante, ressaltando o desejo de “maximizar a eficiência e minimizar redundâncias consequentes de uma companhia aberta em mais de uma jurisdição”.

O neobanco fez sua listagem no Brasil a partir da negociação de Brazilian Depositary Receipts (BDRs) de nível III, que equivaliam a um sexto de uma ação emitida na NYSE. Nesse nível, a companhia precisa ter registro e seguir as regras da CVM. Agora, a companhia passa a operar no nível I, que tem menos exigências.

A dupla-listagem simultânea no fim de 2021 avaliou a empresa em US$ 41,5 bilhões, colocando o Nubank como o banco mais valioso da América Latina, à frente de gigantes como Itaú e Bradesco em valor de mercado. Além disso, atraiu um volume recorde de 815 mil investidores do varejo com as BDRs.

Embora a empresa não tenha comentado sobre outras motivações para reduzir seu status na B3, é possível que a queda do valor do papel, que levou a um cenário de a baixa liquidez dos BDRs – e a uma enxurrada de memes e piadas tirando sarro de quem colocou dinheiro no IPO do neobanco – tenham pesado na decisão. Conforme apurado pelo Neofeed, o volume médio negociado por esse ativos em setembro ficou em torno de 5%, bem abaixo do volume de ações da companhia nos Estados Unidos.

Em maio de 2022, as ações do banco chegaram a ficar em US$ 3,31, com um valor de mercado equivalente a um terço do valuation do Itaú, que é de aproximadamente US$ 40 bilhões. Para apaziguar os ânimos dos investidores, a fintech soltou seus resultados financeiros do primeiro trimestre, que segundo o presidente David Vélez, representaram “o trimestre mais forte na história do Nu”. A empresa reportou lucro líquido ajustado de US$ 10,1 milhões no período, revertendo um prejuízo líquido ajustado de US$ 13,1 milhões em igual período de 2021.

Junto ao anúncio do plano de descontinuidade do programa de BDRs Nível III, o Nubank informou que a decisão “não afeta o compromisso de longo prazo do Grupo Nubank com o Brasil, tampouco com o mercado de capitais brasileiros”. A companhia continuará negociando na B3, mas agora sob a categoria de BDR Nível I, ou não-patrocinado.

A proposta será submetida à aprovação da B3 e, se aprovada, dará três opções aos detentores das BDRs Nível III: seguir como acionistas com recebimento de ações ordinárias classe A negociadas na NYSE; manter-se como detentor de BDRs do Nubank por uma troca para os BDRs Nível I; e vender os ativos na bolsa brasileira ou norte-americana.


 


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

O mais conceituado portal sobre startups do Brasil. Veja mais em www.startups.com.br.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo