Sobre Nós
Para Você
Para Empresas
Conteúdos

NOVO

Eventos
Comunidades
Tools
Parcerias

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Comunidades

Amplie seu networking, encontre parceiros de negócios e discuta as maiores tendências e inovações com a alta liderança do mercado


Por que a Arábia Saudita está de olho no mercado de fintechs?

Entenda como um dos principais produtores de petróleo do mundo está de olho no mercado de fintechs como uma forma de diversificar a economia e se preparar para um futuro pós-petróleo

Por que a Arábia Saudita está de olho no mercado de fintechs?

, jornalista

7 min

6 abr 2023

Atualizado: 19 mai 2023

Era um movimento esperado na Arábia Saudita: mais cedo ou mais tarde, as fintechs — startups de serviços financeiros — seriam a grande aposta do reino. 

Por quê? Elas devem chacoalhar a indústria do e-commerce e do turismo, afinal, os dois mercados (que o reino quer potencializar) envolvem serviços financeiros. Em outras palavras, é uma espécie de ganha-ganha para os três setores. Assim, o país reduz a dependência do petróleo e ingressa com força na Nova Economia.

O que não se esperava era que isso aconteceria em um momento em que o mercado de startups passa por um inverno. Mas o reino parece não se importar.

  • Até 2025 será investido 2,6 bilhões de Riyal Saudita (aproximadamente R$ 3,5 bilhões) e até 2030 o investimento deve chegar a 12 bilhões de Riyal Saudita (R$ 16 bilhões)
     
  • A expectativa é ter 230 fintechs operando na Arábia Saudita até 2025. Trata-se de um aumento de 65% em comparação com 2022
     
  • O mercado deve criar 6 mil empregos até 2025 e 18 mil até 2030

Quais são as iniciativas do governo saudita para atrair fintechs

Programa de Desenvolvimento do Setor Financeiro (FSDP): lançado em 2017, tem objetivo de permitir que as instituições financeiras apoiem o crescimento do setor privado, desenvolvam um mercado de capitais avançado e impulsionem e viabilizem o planejamento financeiro.

Regulatory Sandbox: como uma das estratégias do FSDP, em 2018, o Saudi Central Bank (SAMA) lançou o Fintech Saudi, sandbox regulatória onde as startups de tecnologia financeira testam novos produtos e serviços digitais antes do lançamento. 

Outras iniciativas como investimentos em startups locais e não locais, parceria com big techs e realização de eventos incluindo recorte de fintech também fazem parte da lista.

Além disso, o reino tem estimulado a participação das mulheres na Nova Economia. “Vemos agora muitas mulheres que lideraram grandes empresas, e nos próximos anos, veremos que o número será maior”, disse em entrevista à StartSe Afnan Ababtain, diretora do departamento de empreendedorismo de MonshaatSA, autoridade geral de pequenas e médias empresas.

“Vejo muito potencial para o futuro e para a Arábia Saudita porque elas [lideranças femininas] têm um grande talento e apoio do nosso governo e dos nossos líderes, seja em ministérios diferentes ou de organizações privadas sem fins lucrativos, que abrem as portas para as mulheres”, completa.

Percentual das fintechs por indústria na Arábia Saudita:

Percentual das fintechs por indústria na Arábia Saudita

Quais são as 3 fintechs de destaque na Arábia Saudita?

Segundo o LinkedIn as tops startups de serviços financeiros da Arábia Saudita são:

1 - Tamara
Fintech focada na inclusão financeira por meio do fornecimento de opções de parcelamento de pagamento para usuários não bancários.

2 - Tweeq 
Oferece serviços que permitem que pequenas empresas façam ou recebam pagamentos e organizem as finanças em diferentes categorias.

3 - Lendo
Plataforma de peer-to-peer que fornece financiamento de dívida para pequenas empresas.

Por que importa?

Potencializar o mercado de fintech faz parte da iniciativa Vision 2030, que tem o objetivo de, nos próximos sete anos, diversificar a economia do reino e não depender do petróleo. Assim, o que você pode aprender com essa história, é: ao investir no mercado de fintechs, a Arábia Saudita abre caminho para um futuro mais moderno e inovador na indústria financeira. Ou seja, diversifica o portfólio com estratégia, já que as fintechs ajudarão a potencializar outros negócios da região.

*Jornalista viajou a convite do Fórum Biban

LEITURA RECOMENDADA

Acesse o app da StartSe e confira conteúdos exclusivos. Baixe gratuitamente o novo app StartSe e tenha acesso a conteúdos exclusivos: Android | iPhone

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Sabrina Bezerra é jornalista especializada em carreira e empreendedorismo. Tem experiência há mais de cinco anos em Nova Economia. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Leia o próximo artigo