Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Inteligência e metaverso: seria Paraná o estado mais inovador do Brasil?

Além da Capital Curitiba, várias outras cidades paranaenses estão no ranking de cidades mais Inteligentes e Conectadas do Brasil. A cidade de Tibagi será a primeira do país a implantar o turismo no metaverso.

Inteligência e metaverso: seria Paraná o estado mais inovador do Brasil?

Metaverso em Tibagi/ Foto: Prefeitura de Tibagi-PR

, Produção de Conteúdo

7 min

7 out 2022

Atualizado: 13 dez 2022

De acordo com o ranking Connected Smart Cities 2022, o Paraná é o primeiro lugar em Estado Mais Inteligente e Conectado do Sul, e o segundo maior do país. A capital paranaense, Curitiba, foi eleita pela segunda vez a Cidade Mais Inteligente e Conectada do Brasil. Além disso, Curitiba também está em primeiro lugar em Empreendedorismo e no segundo em Tecnologia e Inovação. 

Em agosto, Londrina recebeu a décima edição de um dos maiores eventos de Tecnologia da Informação e Comunicação do Sul do país, o Eco.TIC NOVA 2022. Um dos organizadores do evento, Lúcio Kamiji, explicou que o Ecossistema de Londrina e Maringá correspondem a mais de 3 mil empresas e entidades de tecnologia da região, como universidades, parques tecnológicos, institutos de pesquisa e aceleradoras.

Maringá (20º) e Londrina (24º) também aparecem no ranking das cidades inteligentes. Dentre os outros principais e maiores destaques estão Foz do Iguaçu (35°), Cascavel (50º), Apucarana (51º), Ponta Grossa (60º), Pinhais (62º), Pato Branco (77º) e Guarapuava (84º).

Apesar de não aparecer no ranking, a cidade de Tibagi também ganhou destaque por ser o primeiro município do país a implementar a tecnologia de metaverso. Em parceria com o Sebrae e Secretaria do Turismo, a proposta é atrair turismo tecnológico para a cidade.

Sendo o metaverso um ambiente interativo que integra o virtual com a realidade, é onde costumam ocorrer reuniões e eventos online, mas além do entretenimento e conexões sociais, o metaverso também permite acesso ao e-commerce, sendo possível passear e comprar produtos em lojas virtuais.

Foto: Prefeitura de Tibagi-PR

Segundo o prefeito de Tibagi, Artur Butina, também será possível solicitar serviços públicos de uma forma totalmente inovadora pelo metaverso. No mais, Artur acrescenta: “Sempre buscamos investir em inovação para transformar Tibagi. Ser o primeiro município do Brasil a propor essa nova tecnologia é um desafio, mas também é uma forma de provarmos nossa capacidade e competência para executá-lo”.

As praças Edmundo e Leopoldo Mercer serão o pontapé inicial do projeto, com edifícios históricos ao seu redor, em conjunto com as diversas empresas de trade turístico da cidade que poderão ofertar seus serviços no ambiente real e também virtual.

POR QUE IMPORTA?

Se por um lado, a tecnologia do metaverso ainda não está consolidada e massificada, há muito interesse por parte de grandes empresas que apostam na inovação para um futuro próximo. 

Big Techs como Meta e Amazon, que investem pesado nessa tecnologia, já demonstraram interesse em contratar brasileiros para trabalharem no metaverso. Se o incentivo continuar, tanto da parte governamental quanto da iniciativa privada, o Brasil tem grande potencial para se tornar referência mundial na exploração do universo virtual. 


Ler mais em: Big techs querem treinar brasileiros para trabalhar no metaverso

Sem contar que, o turismo no metaverso não deixa de ser um desbloqueio de novas experiências ao cliente. Essa é uma oportunidade única para unir e contemplar setores de tecnologia e inovação, com turismo e incentivo do comércio local. As pequenas e médias empresas estão apostando forte em encantar o cliente, para ganhar vantagem competitiva. 
 



Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Produtora de conteúdo na StartSe, roteirista e organizadora do Podcast Organizações Infinitas.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo