Sou Aluno
Formações
Imersões
Eventos
Tools
Artigos
Sobre Nós
Para Empresas

Pagamentos com QR Code: qual é a estratégia do Google ao apostar no lançamento?

Google vai estrear no Brasil pagamento com QR Code para celulares (Android) que não tem NFC. Entenda!

Pagamentos com QR Code: qual é a estratégia do Google ao apostar no lançamento?

Celular com logo do Google (Fonte: Getty Images)

, jornalista

7 min

28 jun 2023

Atualizado: 28 jun 2023

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!

O Google vai estrear no Brasil pagamento com QR Code para celulares (Android) que não tem NFC ― sistema de aproximação. A funcionalidade será lançada nos próximos meses e o objetivo é aumentar o acesso a carteira digital, segundo Natacha Litvinov, líder de estratégia e operações de pagamentos do Google para América Latina.

  • O Brasil será o primeiro país a receber a funcionalidade no mundo
     
  • O lançamento democratiza pagamentos digitais para os brasileiros, principalmente, para aqueles que não possuem smartphones equipados para fazer pagamento por aproximação

Como funciona a carteira digital do Google?

A Carteira do Google é uma carteira digital em que usuários têm acesso a formas de pagamento por aproximação em lugares que aceitam o Google Pay, cartões de transporte, ingressos e documentos de identidade armazenados nela.


Como usar a Carteira do Google?

O usuário precisa baixar o app e adicionar um cartão de crédito ou débito e, dependendo do emissor, fazer uma validação no aplicativo do banco. Os principais bancos brasileiros permitem adicionar o cartão diretamente dos seus próprios aplicativos. Após a conclusão do processo, a Carteira estará pronta para pagamentos por aproximação ou por meio da leitura de QR Codes.

Para pagar usando um QR Code, basta ir até uma loja física e escolher seu produto. Na hora do pagamento, peça ao lojista para gerar um QR Code para pagamento com cartão. Quando o código dinâmico aparecer na tela, abra a Carteira do Google e selecione pagamento por QR Code. Depois, aponte a câmera para a tela e aguarde a leitura. Então, confira os dados do pagamento no seu celular e confirme a transação. O recibo do pagamento ficará guardado na Carteira.


SEGURANÇA

A autenticação da compra, por meio de senha ou biometria, pode ser exigida dependendo do emissor do cartão e do valor da transação, mas a Carteira exigirá o desbloqueio do celular antes de uma transação.

Além disso, após algumas transações, o aplicativo pedirá um novo desbloqueio ao usuário por motivos de segurança. 

“Será uma maneira segura e conveniente de efetuar pagamentos sem ter que carregar dinheiro ou cartões”,  explica Natacha.

Carteira do Google (Imagem: divulgação)

Por que o Google aposta no Brasil como um de seus principais mercados para a carteira digital?

A onda da digitalização dos pagamentos tem estimulado empresas de tecnologia, como o Google a apostar no Brasil. O que vai ao encontro da digitalização do dinheiro ―que está a todo vapor.

Um exemplo é o Pix, que se tornou o meio de pagamento mais usado no país, batendo recorde atrás de recorde desde o lançamento, em 2020.

Assim, não surpreende a aposta do Google ao mirar o Brasil como um de seus principais mercados. Porém, apesar de os pagamentos por aproximação serem relativamente baixos no país, a ideia da big tech é justamente oferecer mais democratização para impulsionar o crescimento. 
 

  • Apenas 25% dos brasileiros fazem pagamentos por aproximação com seus smartphones, segundo dados de 2023 da consultoria eMarketer


A empresa de tecnologia, por sua vez, não revela quanto a Carteira do Google representa atualmente na receita do negócio, mas mostra-se empenhada em potencializar o recurso. 

Não à toa. De acordo com dados da consultoria IDC, cerca de 60% dos smartphones Android vendidos no Brasil nos últimos três anos não são equipados com a tecnologia NFC. Assim, a nova funcionalidade é uma mão na roda para potencializar o acesso.

“O novo recurso foi desenvolvido por uma equipe global de engenharia do Google, considerando necessidades de usuários de países como o Brasil, onde uma parcela importante dos smartphones não tem NFC”, diz a empresa

MAIORES SERVIÇOS DE CARTEIRA DIGITAL

Dados da Statista mostram que em 2018, os três maiores serviços de carteira digital: Apple Pay, Samsung Pay e Google Pay (Carteira do Google) em que reuniram cerca de 230 milhões de usuários globais ― isso sem considerar aplicativos que oferecem a função de pagamentos digitais como o PicPay. Se considerar o número, ultrapassa 2 bilhões, já que o método é bem comum na China (mas esse é papo para outro artigo).

Por que importa?

O Google tem feito uma série de anúncios de novas funcionalidades nos mais diferentes segmentos para diversificar o negócio. Assim, ao apostar em ferramentas relacionadas ao futuro do dinheiro, está um passo à frente. O que faz sentido, já que o perfil das pessoas está cada vez mais digital. Cabe a pergunta: e você, como tem usado a digitalização do dinheiro a favor do seu negócio?

LEITURA RECOMENDADA

EVENTO SOBRE A REVOLUÇÃO DOS MÉTODOS DE PAGAMENTOS

Carteira digital é apenas uma das revoluções dos meios de pagamento que está transformando os hábitos de consumo dos brasileiros. Para ficar por dentro de todas elas e conhecer exemplos reais e práticos do mercado, participe do Payment Revolution 2023, evento exclusivo da StartSe presencial com transmissão online. Conheça aqui e garanta seu ingresso! 

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Sabrina Bezerra é jornalista especializada em carreira e empreendedorismo. Tem experiência há mais de cinco anos em Nova Economia. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Leia o próximo artigo

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!