Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Sua empresa sabe observar os sinais do mercado?

É essencial para uma empresa que deseja manter-se perpétua e relevante, preocupar-se com um dos pilares das Organizações Infinitas: o Observatório de Sinais.

Sua empresa sabe observar os sinais do mercado?

Imagem: Getty Images

, Produção de Conteúdo

7 min

13 out 2022

Atualizado: 4 jan 2023

Um pouco de paranoia faz parte do pensamento de uma empresa. Isso porque o mundo muda muito rápido, e muda na lógica da exponencialidade, portanto o que é dito como certo hoje, pode ser inviável amanhã. 

Dito isso, estar observando sempre o que ocorre em sua volta, estar sempre alerta, é o que mantém uma empresa no caminho da perpetuidade - ainda que tenha que sacrificar estratégias e modelos de negócio. 

O Observatório de Sinais, um dos principais capítulos do livro Organizações Infinitas, é um conjunto de práticas e mindset que guia empresas que desejam perpetuar-se no tempo. Através do observatório de sinais, é possível descobrir o que pode mudar sua empresa, positiva ou negativamente.

Como sabemos que o observatório de sinais não é um lugar, e sim um pensamento seguido de práticas, não necessariamente há um espaço na empresa destinado a isso. Todos os colaboradores envolvidos precisam ter este foco; mas há sim, empresas onde tem-se um departamento inteiramente dedicado em observar os sinais.

Nós já provamos por A + B que análise SWOT é um conceito ultrapassado. Na velocidade de transformação dos negócios e tecnologia em que vivemos atualmente, é preciso estar atento o tempo todo ao que vem por aí. Novas tendências de comunicação e marketing, novas soluções mais baratas e eficientes para problemas já existentes, oportunidades tecnológicas e ameaças externas inesperadas. 

Ignorar todos esses fatos, podem trazer ao seu negócio um prejuízo ou, no mínimo, garantir a estagnação da sua empresa, perante às vantagens competitivas da concorrência em alerta. 

Quando cria-se uma cultura de observação de sinais, existe a possibilidade de pensar quando disruptar uma ideia ou modelo de negócio a tempo. Não olhamos só para um viés de desconstrução, mas também para momentos onde podemos aproveitar oportunidades e reconstruir uma empresa sobre bases mais atuais, ainda que a princípio não haja necessidade. 
 


Se já leu o livro e acompanha o Podcast Organizações Infinitas, você sabe que empresas que duram para sempre são aquelas que provocam a morte de si mesmas de tempos em tempos. E só é possível fazer isso através de um observatório de sinais. 

Os sinais podem se dividir em vários subtipos, sendo os principais:

Sinais Fracos, que são sinais quase que imperceptíveis e, na maioria das vezes, acabam sendo ignorados pelas empresas. Como é o caso da Meta, na época Facebook, que foi esperta o suficiente para detectar o Instagram e incorporá-lo ao seu conglomerado. Se não tivesse feito isso a tempo, havia uma probabilidade do Instagram, que parecia inofensivo, ter engolido o Facebook. 

Nem sempre os sinais fracos são percebidos e encarados como ameaças ou oportunidades. É o famoso caso da Kodak, que ignorou a câmera digital, e por isso acabou arruinando seu negócio.

Os Sinais Inevidentes podem parecer fracos, mas têm um imenso poder de transformação. Podemos destrinchá-los em algumas ramificações, como empresas zumbis, que basicamente são aquelas que estão estagnadas, sem gerar lucro, mas continuam existindo; os pôneis, unicórnios, quimeras e hidras também correspondem a novas tendências capazes de mudar o mercado, e assim vai. 

Para entender bem o que é um Observatório de Sinais e como implementá-lo em sua empresa, assista ao novo episódio do Podcast Organizações Infinitas:
 

Thumbnail do vídeo

Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Produtora de conteúdo na StartSe, roteirista e organizadora do Podcast Organizações Infinitas.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo