Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


O que é o Remix do Instagram?

Entenda o que é o novo recurso e saiba por que a empresa está investindo tanto neste segmento.

O que é o Remix do Instagram?

Remix, nova ferramenta do Instagram (Foto: Divulgação Twitter @Instagram)

, jornalista

4 min

1 abr 2021

Atualizado: 30 nov 2022

Por Sabrina Bezerra

O Instagram anunciou na última quarta-feira (31/03), o lançamento de um novo recurso: o Remix, parecido com os duetos do TikTok — que permite gravar ao lado de um vídeo de outro usuário. A ferramenta deve ser liberada aos poucos para todos os internautas do app. “Esteja você capturando sua reação, respondendo a amigos ou trazendo sua própria magia às tendências, o Remix é outra maneira de colaborar no Instagram”, disse a empresa em um post no Twitter.

Para usar o recurso — caso esteja disponível em seu perfil — clique nos três pontos localizados na parte superior do aplicativo. Depois, escolha a opção remixar este Reels e faça a sua gravação ao lado do vídeo escolhido. Ao terminar, é possível editar antes de fazer a publicação.

Remix, nova ferramenta do Instagram (Foto: Divulgação Twitter @Instagram)

CRESCIMENTO DOS VÍDEOS CURTOS

A novidade surge após os rumores de que o Snapchat estava desenvolvendo um recurso de Remix próprio. Além disso, no TikTok, pioneiro dos duetos, a ferramenta é parte fundamental para fazer com que o aplicativo pareça mais uma rede social e menos uma experiência passiva de apenas assistir a vídeos. Por lá, os usuários aproveitam os duetos para cantar, dançar, brincar ou atuar ao lado do vídeo de outro usuário. Desde pessoa física até jurídica. 

Mas não apenas, o mercado de vídeos curtos tem crescido nos últimos anos e foi impulsionado pela pandemia de coronavírus. Somente no primeiro trimestre do ano passado, o TikTok se tornou o mais baixado do mundo, com 2 bilhões de downloads, segundo o App Annie. Além disso, a ByteDance, dona do app, pode chegar no valuation de US$ 250 bilhões — maior que o da Coca-Cola e o do Twitter, segundo a Bloomberg


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo