Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Está na hora: o fim do jardim de infância nas empresas

Constantemente nos desafiamos a nos adaptar e pivotar, pois sabemos que a única constante nos negócios é a mudança. É por isso que é fundamental estar sempre aprendendo, mudando e melhorando.

Está na hora: o fim do jardim de infância nas empresas

Foto: Getty Images

, Produção de Conteúdo

8 min

22 set 2022

Atualizado: 3 jan 2023

Durante muito tempo, as empresas viveram numa necessidade infantil de controlar tudo dentro de si, e tudo à sua volta. Processos internos e modelos de gestão controladores, bem como o ávido desejo de dominar o mundo exterior; está na hora de decretar o fim da infância. 

Uma das coisas em que as crianças são boas é aprender novas formas de fazer as coisas. Isto pode ser uma enorme vantagem quando se aprende a fazer algo como gerir um negócio ou lidar com outras pessoas. Entretanto, há um grande risco de gerar birra e frustração quando crianças são contrariadas.

Não é possível controlar todos os processos internos, quem dirá tudo o que está à nossa volta; mas é possível controlar a nossa capacidade de nos adaptar ao mundo em movimento.

Quando as crianças vão do jardim de infância ao ensino fundamental, deixam para trás muitas coisas: as leituras tornam-se mais desafiantes, o horário fica mais apertado, e muito da agenda diária é agora de natureza "acadêmica". Do mesmo modo, quando uma empresa começa a trabalhar em uma nova estratégia, em um novo produto ou serviço, no seu primeiro ano muitas coisas são deixadas para trás.

Já é provado que gestões de comando e controle podem parecer seguras e funcionarem por um tempo, mas engessam a criatividade e autonomia dos colaboradores. Além disso, a necessidade de querer ter controle sobre tudo, faz com que as incertezas sejam ignoradas.

Ter consciência de que tudo pode chegar ao fim, não é pessimismo. É uma ótima estratégia para evitar o fim, inclusive. Se você sabe que aquele modelo de negócio que está dando super certo agora, amanhã pode fracassar, você já se prepara para o plano B, plano C, e assim por diante. 

Mais do que esperar por um sinal de que o fim está próximo, estar consciente do fim possibilita uma empresa a matar seu próprio modelo de negócio, mesmo quando este está indo bem. Empresas disruptivas têm vantagem competitiva quando saem fora da curva, mesmo sem precisar naquele momento.

A Nova Economia é o Agora, e nos apresenta oportunidades que não víamos há décadas. O mundo mudou da infraestrutura para a esfera digital, de produtos e serviços físicos para digitais, de ativos tangíveis para intangíveis. Em todos os setores, precisamos evoluir do controle de produtos e serviços para sua criação. Nesta nova era de inovação contínua, os líderes devem implementar em suas organizações as ferramentas necessárias para um rápido crescimento.

E porque surgem novos competidores o tempo todo, o que funcionava no passado não funciona mais no futuro. Estamos falando de um futuro de 2 anos, 1 ano, até mesmo 6 meses. Por isso, é fundamental ter uma estratégia que olhe para esse desenvolvimento.

É fundamental ter um departamento de inovação e discutir ideias disruptivas acerca do mercado e o próprio modelo de negócio da empresa. E nesse ciclo de estratégias, não necessariamente estamos focando em previsibilidade, mas sim em agilidade e adaptabilidade.

O QUÃO ÁGIL SUA EMPRESA PODE SER AO CAPTAR AMEAÇAS E OPORTUNIDADES EXTERNAS, E O QUÃO ADAPTÁVEL ELA SERÁ AO TRANSFORMÁ-LOS AO SEU FAVOR?

Para lidar com eventos imprevisíveis, suas estratégias precisam ser versáteis. Sua empresa precisa entender que se o mundo muda, as estratégias mudam. E é uma forte característica das empresas modernas compreender que o futuro é muito mais ambíguo e variável.

É difícil assumir essa imprevisibilidade e falta de controle total para si, ainda mais para uma empresa - mas é necessário. Como diria Jeff Bezzos, todo dia é dia 1. Todo dia precisamos nos reinventar, inspirar-se em grandes organizações e dar o melhor para que nosso negócio permaneça relevante e infinito.

O Podcast Organizações Infinitas irá ajudá-lo a entender a estratégia de negócios e como você pode implementá-la no futuro de sua empresa para manter sua posição competitiva. Assista agora:

Thumbnail do vídeo

Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Produtora de conteúdo na StartSe, roteirista e organizadora do Podcast Organizações Infinitas.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo