Sou Aluno
Formações
Imersões
Eventos
Tools
Artigos
Sobre Nós
Para Empresas

“O agro é pop. O agro é tech. O agro tem que ser inteligência artificial"

Junior Borneli, fundador da StartSe, durante o evento Agrotech 2023, destacou a importância da tecnologia no agro; veja os destaques

“O agro é pop. O agro é tech. O agro tem que ser inteligência artificial"

Junior Borneli, fundador da StartSe (Imagem: divulgação)

, jornalista

4 min

23 nov 2023

Atualizado: 23 nov 2023

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!

“O agro é pop. O agro é tech. O agro tem que ser inteligência artificial.” Se eu pudesse resumir em uma frase o evento Agrotech 2023, com certeza, escolheria essa.

A frase é de Junior Borneli, fundador da StartSe, durante a palestra de abertura. “Não existe outro caminho. Aprenda o quanto antes e, faça sim, que o agro brasileiro seja da IA.”

A fala de Borneli vai ao encontro dos dados:

Uso da inteligência artificial no agro

Para você ter uma noção, o uso da inteligência artificial ajuda no monitoramento e previsão, automação robótica, análise de dados, drones inteligentes, entre outros (caso queira se aprofundar, leia este artigo).

Trator autônomo

A John Deere, por exemplo, “lançou no ano passado um trator autônomo que é controlado pelo celular”, diz Antonio Carrere, presidente da John Deere no Brasil, durante o evento que reuniu os principais líderes e transformadores do agronegócio.


 

Funciona assim: o sistema eletrônico permite analisar as imagens e detectar objetos em apenas 100 milissegundos.

A estratégia está à todo vapor. Não à toa, “até 2030 nós temos o compromisso de trazer o ecossistema de soja e de milho de forma totalmente autônoma”, completa.

O que diz o presidente da John Deere sobre IA?

Perguntei para Carrere qual é a opinião dele em relação ao impacto da IA no agro. Ele respondeu dizendo que está causando uma transformação. 

“Está trazendo uma eficiência realmente surpreendente para os produtores, no sentido que hoje o produtor vai poder tomar uma decisão em tempo real e impactar de forma positiva as tarefas que estão fazendo, sendo uma plantio ou uma pulverização ou uma colheita”, respondeu.

Por que importa?

Não há de se negar a importância da inteligência artificial no agronegócio. Afinal, é e será a tecnologia que vai trazer aumento da produtividade, redução de custos, melhoria da qualidade, sustentabilidade, entre outros.

Leitura recomendada

E você, já está usando a inteligência artificial? Conheça o AI For Leaders, curso online e prático sobre as principais tendências e ferramentas IA para você usar agora na sua carreira dentro do seu negócio. Com cases práticos, certificação AI/Academy e acesso imediato. Confira!


Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Sabrina Bezerra é jornalista especializada em carreira e empreendedorismo. Tem experiência há mais de cinco anos em Nova Economia. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Leia o próximo artigo

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!